Homem que matou namorada no meio da rua e na frente do filho dela é condenado a 16 anos de prisão

Crime aconteceu em agosto de 2023, em Porto Nacional.

Compartilhe:

Fernando Neto Pereira Pinto, réu pelo crime de feminicídio contra sua namorada, Elma Pereira Matos, foi condenado a 16 anos e seis meses de prisão. A sentença foi proferida durante uma sessão do Tribunal do Júri realizada no Fórum de Porto Nacional na última segunda-feira (06). Na ocasião, o Conselho de Sentença deliberou a favor das acusações apresentadas pelo Ministério Público contra o réu.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

De acordo com a denúncia do MP, no dia 2 de agosto de 2023, a vítima estava a caminho do supermercado quando foi abordada por Fernando para uma conversa, que rapidamente se transformou em uma discussão acalorada entre o casal. Em um momento subsequente, ele abraçou a namorada e, de forma súbita, desferiu vários golpes de faca, resultando na morte de Elma.

O crime foi presenciado pelo filho da vítima. Segundo a polícia, após o ocorrido, Fernando tentou fugir, resistiu a abordagem, mas foi baleado e preso.

Foto Divulgação

A acusação perante o Tribunal do Júri foi conduzida pelo promotor de Justiça Breno de Oliveira Simonassi. Ele sustentou as teses de homicídio qualificado por dissimulação e feminicídio durante o processo.

A Prisão

A Polícia Militar informou que que após ser acionada para responder ao crime, o suspeito, que usava uma tornozeleira eletrônica, tentou se esconder no quintal de uma casa após fugir pelo telhado. Ao ser abordado ele teria resistido à prisão e partido para cima da equipe policial. Fernando acabou sendo alvejado na perna direita.