Acusado de estuprar menina de 13 anos e tentar subornar família para esquecer crime é preso

Crime aconteceu em Santa Tereza do Tocantins, na região central do estado. Homem é acusado de ter beijado e acariciado as partes íntimas da adolescente.

Compartilhe:

Na manhã desta segunda-feira (6), a Polícia Civil prendeu um homem de 33 anos suspeito de estupro de vulnerável em Novo Acordo, na região central do estado. Ele é acusado de ter beijado e acariciado as partes íntimas de uma menina de 13 anos e também ter tentado subornar a família dela para encobrir o ocorrido, conforme relato policial.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

de acordo com a polícia, o suspeito enfrenta uma ação penal pelo crime e foi detido em cumprimento a um mandado de prisão preventiva emitido pela Justiça. Segundo as investigações, os abusos teriam ocorrido no ano anterior no município de Santa Tereza do Tocantins.

“Após tomar conhecimento de nossa investigação, o suspeito tentou oferecer dinheiro à família para que esquecessem o assunto”, explicou o delegado Fabrício Piassi, responsável pelas investigações.

De acordo com a polícia, o homem foi acusado do crime de estupro de vulnerável, e o processo foi encaminhado ao Ministério Público do Tocantins. “As evidências coletadas ao longo da investigação foram fundamentais para a denúncia e para o pedido de prisão preventiva”, acrescentou.

A prisão foi efetuada por policiais civis da 80ª Delegacia de Polícia de Novo Acordo, com o apoio de agentes de Porto Nacional. Após a prisão, o suspeito foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Palmas para os procedimentos necessários e, em seguida, será transferido para a Unidade Penal de Palmas.