Suspeito de matar ex-vereador após discussão em jogo de baralho foi baleado por PM que fazia compras em feira

Policial viu homem esfaquear Sula Borba, de 56 anos, e atingiu com tiro a pernas dele. Vítima é sogro do deputado federal Vicentinho Júnior.

Compartilhe:

Após o assassinato do ex-vereador Antônio Francisco Borba Cardoso, mais conhecido como Sula Borba, de 56 anos, um policial militar que estava fazendo compras tentou conter o suspeito disparando tiros em suas pernas. O crime ocorreu na noite de sexta-feira (12), em uma feira na cidade de São Miguel do Tocantins, no Bico do Papagaio, no norte do estado. O desentendimento teve origem durante uma partida de baralho.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo informações da Polícia Civil, o policial estava à paisana e interveio na tentativa de conter o suspeito, de 36 anos. Um dos disparos atingiu a coxa do homem, que foi posteriormente levado para receber atendimento no Hospital Regional de Augustinópolis e agora está sob custódia da Polícia Penal.

A SSP esclareceu que a 16ª Delegacia de Polícia de São Miguel do Tocantins já iniciou as investigações para esclarecer as circunstâncias que levaram à morte de Sula Borba.

Segundo relatos da polícia, Borba e o suspeito estavam envolvidos em uma partida de baralho quando a discussão começou. O homem de 36 anos então pegou uma faca e desferiu vários golpes contra a vítima.

Ex-vereador morre ao ser esfaqueado após desentendimento em feira
Suspeito foi deito por um PM à paisana

Testemunhas informaram que o homem continuava exaltado e foi baleado e detido pelo policial à paisana que estava presente no local. Borba foi socorrido em estado grave e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz, no Maranhão, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.

Quando o suspeito estava sendo levado pela ambulância de Sítio Novo para receber atendimento médico, populares tentaram agredi-lo, mas foram contidos pelos policiais militares.

Ex-vereador morre ao ser esfaqueado após desentendimento em feira
Foto: Reprodução

Nas redes sociais, o deputado Videntinho Alves, genro da vítima, expressou suas condolências e prestou homenagem ao sogro. “É com imensa dor que nos despedimos de um homem íntegro, uma pessoa querida por todos, que sempre irradiava alegria com seu sorriso contagiante”, destacou a publicação.

Sula era esposo da vereadora Irene Borba. A Prefeitura de São Miguel do Tocantins também manifestou suas condolências e homenageou o ex-vereador nas redes sociais. “Neste momento tão difícil para os familiares e amigos, externamos nosso pesar”.