Suspeito de tráfico de drogas é morto após tentar pular muro para fugir e atirar contra policiais, diz PM

Caso aconteceu em Porto Nacional. Segundo a PM, os policiais foram ao local atender uma denúncia de violência domestica. Três adolescentes, armas e vários tipos de drogas foram apreendidos.

Compartilhe:

Um jovem de 18 anos morreu em confronto com a Polícia Militar em Porto Nacional. A corporação afirma que o rapaz resistiu à prisão e disparou contra os policiais, que revidaram. Na ação, três menores, armas de fogo e diversos tipos de drogas foram apreendidos.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A ocorrência foi registrada ma tarde de sábado (13). De acordo com a informações repassadas pela PM, a equipe foi ao local após receber uma denúncia indicando uma mulher gritando por socorro no setor Jardins,

Ao se aproximar da residência, os policiais ouviram os gritos da mulher, que fugiu ao avistar as viaturas. No local, os policiais encontraram os três menores, com idades de 15, 16 e 17 anos, além do suspeito de 18 anos, que estava armado. A PM disse que o rapaz já tinha várias histórico criminal por tráfico e porte de drogas, resistência e direção perigosa.

Os menores tentaram fugir, mas foram detidos no quintal. A PM afirma que o suspeito, identificada apenas pelas iniciais A.G.O.N, munido de uma pistola calibre .40, tentou escapar pulando o muro e atirou contra os policiais, que revidaram.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e confirmou o óbito do suspeito no local. Peritos e o Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local.

Suspeito de tráfico de drogas é morto após atirar contra policiais e tentar pular muro para fugir
Foto: Reprodução

A PM afirmou ainda que no imóvel foram encontrados 1,3 kg de substância semelhante a maconha em tablete, 116 gramas de haxixe, dezenas de pacotes de crack e maconha, uma balança de precisão, uma espingarda garrucha calibre .22, sete munições intactas calibre .40, quatro celulares e R$ 400 em espécie.

Os três menores foram apresentados na delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o caso foi registrado na 11ª Central de Atendimento da Polícia Civil em Porto Nacional. Os adolescentes foram ouvidos e um deles, de 17 anos, foi formalmente apreendido por tráfico de drogas. Os outros dois foram liberados para seus responsáveis legais.

A Pasta disse que as investigações serão conduzidas pela 7ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC) de Porto Nacional, enquanto as armas apreendidas serão submetidas a exames periciais.