Suspeito de matar a ex-mulher, mais duas pessoas e se matar era segurança e não aceitava o fim do relacionamento

Valber Oliveira da Silva tinha 35 anos. As vítimas eram a mãe e o padrasto de Aristania de Moura Pereira, de 29 anos.

Compartilhe:

O suspeito de matar a tiros a ex-mulher, a mãe dela e o padrasto foi identificado como o segurança Valber Oliveira da Silva, de 35 anos. Segundo relatos, ele não conseguia aceitar o fim do relacionamento. O homem possuía porte legal de arma de fogo e deixou três filhos com a ex-companheira, Aristânia de Moura Pereira, de 29 anos.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo a polícia, na noite de quinta-feira (11), Valber dirigiu-se à residência onde Aristânia estava acompanhada de sua mãe, Antonia Mary de Moura Pereira, de 47 anos, e de Aminadabe Fernandes Rodrigues, 44 anos, atual companheiro de Antônia, e efetuou disparos com uma pistola calibre .40.

O ataque deixou Aristânia gravemente ferida, atingida na cabeça e no tórax. Ela foi encontrada ainda com vida pela Polícia Militar. Tanto ela quanto Antonia, baleada no tórax, não resistiram aos ferimentos e faleceram a caminho da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sul.

Aminadabe, que é um homem trans, também foi atingido no tórax e foi a óbito no local.

Após o crime, Valber tirou a própria vida com um tiro na cabeça. Os policiais o encontraram com um coldre de pistola na cintura, porém, a arma de fogo não estava mais presente no local.

Veja quem são as vítimas assassinadas por homem que tirou a própria vida em Palmas
Foto: Reprodução

De acordo coma PM, o local onde o segurança particular matou a ex-mulher, a mãe e o padrasto dela, funcionava como uma casa noturna e é apontado por moradores como ponto de prostituição.

Durante as investigações, o irmão de Valber, visivelmente abalado, tentou se aproximar da área do crime, desobedecendo a área de isolamento estabelecida pela polícia. Por razões de segurança, os policiais precisaram contê-lo e algemá-lo temporariamente, até que ele se acalmasse e pudesse ser liberado.

Os corpos das vítimas e do agressor foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Palmas, onde passaram por exames de necropsia e aguardam liberação para os familiares nesta sexta-feira (12).

Homem mata a ex-mulher e mais duas pessoas e depois tira a própria vida em Palmas
Foto: Divulgação

O caso está sendo minuciosamente investigado pela 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Palmas, com a colaboração de peritos da Polícia Científica, que estiveram no local para realizar os procedimentos forenses pertinentes ao caso.

Arma encontrada

A arma supostamente utilizada em um triplo homicídio foi encontrada na manhã desta sexta-feira (12), segundo informou a PM. A pistola estava em uma rua vicinal e foi localizada após denúncia de moradores.

Centro de Valorização da Vida (CVV)

O Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio emocional gratuito e confidencial a quem está passando por momentos difíceis, incluindo prevenção ao suicídio.

O serviço voluntário está disponível por telefone, e-mail, chat e presencialmente, garantindo um espaço seguro para conversas acolhedoras e sigilosas.

Voluntários atendem pelo telefone 188. Também é possível conversar via e-mail e chat através do site www.cvv.org.br, ou até pessoalmente, na Rua Campos Melo, 189, no bairro Vila Mathias. O local funciona 24h.