Padrasto é preso suspeito de estuprar e agredir duas enteadas de 10 e 12 anos

Segundo a polícia, crimes aconteciam há alguns meses, em Wanderlândia, no norte do Tocantins.

Compartilhe:

Um homem de 24 anos foi preso suspeito de estuprar e agredir suas duas enteadas, de 10 e 12 anos. O crime aconteceu em Wanderlândia, no norte do estado. O mandado de prisão preventiva foi executado nesta quarta-feira (10) após denúncias feitas pelo Conselho Tutelar local.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Durante a investigação, os policiais constataram que os abusos vinham ocorrendo ao longo de vários meses. A prova dos estupros foi corroborada por exames periciais e relatos das próprias vítimas.

De acordo com as autoridades, o padrasto também agredia fisicamente as meninas para silenciá-las sobre os abusos. O suspeito foi localizado na tarde do mesmo dia em uma residência em Wanderlândia.

Ele não ofereceu resistência e foi levado à 5ª Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguaína. Posteriormente, foi encaminhado à Unidade Penal Regional, onde permanecerá sob custódia à disposição do Poder Judiciário.