Mulher que pôs fogo em homem no meio da rua diz a polícia que agiu por vingança; Vídeo

Caso foi em Paraíso do Tocantins. Mulher afirma que foi abusada sexualmente na noite anterior ao crime. Vítima foi socorrida por PM de folga e os dois tiveram queimaduras.

Compartilhe:

A mulher de 51 anos que foi detida por tentativa de homicídio após atear fogo em um homem em Paraíso do Tocantins, afirmou, em depoimento, que agiu por vingança. Segundo a Polícia Civil, ela alegou ter sido abusada sexualmente pelo homem, de 28 anos. O caso ocorreu na segunda-feira (3).

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Conforme a investigação, a mulher comprou R$ 4 de álcool em um posto de combustíveis pela manhã. Ao retornou ao local onde o homem estava dormindo, ela jogou o líquido nele e ateou fogo. Ambos vivem em situação de rua.

O homem acordou e tentou apagar as chamas, sendo socorrido por um policial que estava de folga e passava pelo local.

Imagens das câmeras de segurança, compartilhadas nas redes sociais, registraram o momento do ataque e a fuga da agressora. Assista o vídeo:

Após apagar o fogo, o policial conseguiu deter a suspeita em uma praça no centro da cidade. As investigações continuarão para verificar a veracidade das alegações de abuso sexual feitas pela mulher.

O homem, com queimaduras nos braços, pernas e barriga, foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Regional de Paraíso. O policial também precisou de cuidados médicos devido a queimaduras leves no braço.

A mulher foi levada à Central de Flagrantes, onde foi autuada por tentativa de homicídio qualificado com uso de fogo. A perícia foi chamada ao local para investigar o caso.