Médico que morreu junto com a mãe em acidente deixa filha e esposa grávida

Miguel Lobo Filho e a mãe dele, Maria Helena Faria, morreram após a caminhonete em que eles estavam colidir com caminhão na GO-070.

Compartilhe:

O médico Miguel Lobo Filho, que morreu em um acidente juntamente com sua mãe, deixou uma filha e a esposa grávida, conforme declarou a família da vítima. Miguel, de 31 anos, e sua mãe, Maria Helena Faria, de 70 anos, faleceram após uma colisão envolvendo uma caminhonete e um caminhão na GO-070, em Inhumas, na Região Metropolitana de Goiânia.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Miguel era casado com a enfermeira e servidora pública Daniely de Sousa Lôbo. Segundo informações da família, o casal tinha uma filha chamada Dafnny e aguardava a chegada de Miguel Neto. O acidente que matou o médico e a mãe dele foi na terça-feira (30) e o velório aconteceu nesta quarta-feira (31).

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a caminhonete em que as vítimas estavam colidiu na traseira de um caminhão estacionado no acostamento da rodovia. Os corpos das vítimas ficaram presos às ferragens, conforme relatado pelos bombeiros.

Médico e a mãe dele morrem em acidente envolvendo caminhonete e caminhão em rodovia
Foto: Divulgação

Além de sua atuação como médico, Miguel era diretor da Unidade Básica de Saúde Benedito Guerra, em Itaguari, região central de Goiás. O prefeito de Itaguari, Adelino Aquino, decretou luto oficial nesta quarta-feira (31), e a Secretaria de Saúde do município emitiu uma nota prestando solidariedade à família e amigos das vítimas.

O Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego) também expressou seu pesar em uma nota, mencionando: “Com imenso pesar, informamos o falecimento do médico Miguel Lobo Filho. O Cremego se solidariza com a família, os amigos e os médicos goianos neste momento de dor.”

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp

*Com informações do G1