Mãe é presa suspeita de manter filha acorrentada em casa; Vídeo

Caso aconteceu em Uruaçu (GO) e a polícia chegou ao local após uma denúncia anônima. Mãe contou à polícia que mantinha a filha presa porque ela era muito ‘custosa’.

Compartilhe:

Uma mulher de 35 anos foi presa suspeita de manter sua própria filha, uma adolescente de 16 anos, acorrentada dentro de casa em Uruaçu, região norte de Goiás. A intervenção da Polícia Militar ocorreu após receberem uma denúncia anônima. Ao chegarem à residência indicada, os policiais encontraram a jovem acorrentada pelos pés com correntes e cadeado.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O delegado encarregado do caso, Sandro Costa, relatou que a mãe da adolescente justificou a ação alegando que sua filha era difícil de controlar e associava-se a pessoas ligadas ao tráfico de drogas. Além da jovem, havia também uma menina de 12 anos na casa, e o pai das meninas estava presente durante a abordagem.

“A adolescente informou que ela e a mãe trabalhavam como catadoras. Quando retornavam da rua, a jovem era acorrentada por um dos pés para evitar que saísse de casa”, explicou o delegado.

O nome da suspeita não foi divulgado pelas autoridades policiais.

Mãe é presa suspeita de manter filha acorrentada em casa; Vídeo
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Conforme esclarecido pelo delegado, não havia sinais de agressão física na adolescente. A chave do cadeado que prendia a perna da garota estava em posse da mãe.

A mulher foi detida e encaminhada ao presídio, enfrentando uma possível condenação de até 8 anos de detenção. O pai das meninas também será interrogado, podendo ser indiciado caso sua participação seja confirmada.

“As meninas foram entregues à avó materna enquanto as investigações seguem em andamento”, concluiu o delegado Sandro.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp