Idosa é vítima de golpe e perde R$ 2 mil após aceitar ajuda de estranho no Pará; Vídeo

Crime aconteceu em uma agência bancário no bairro Nazaré, em Belém. Veja dicas para se proteger de golpes em agências bancárias.

Compartilhe:

Uma idosa foi vítima de um golpe e perdeu R$ 2 mil após aceitar ajuda de um desconhecido dentro de uma agência bancária. A ocorrência foi registrada no bairro Nazaré, em Belém. A Polícia Civil está investigando o caso.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

De acordo com a polícia, o crime ocorreu no dia 13 de maio deste ano. A denúncia relata que a vítima foi abordada por um homem que se ofereceu para ajudá-la a usar o caixa eletrônico.

“A mulher, confiando na oferta, seguiu as instruções do indivíduo e forneceu sua biometria quando solicitado. Em determinado momento, o golpista alegou que o caixa eletrônico não estava funcionando corretamente e orientou a vítima a se dirigir a outro terminal, sem encerrar a sessão no primeiro caixa”, explicou a Polícia Civil.

Neste momento, uma segunda pessoa aproveitou a sessão aberta no primeiro caixa eletrônico e realizou um saque de aproximadamente R$ 2 mil.

A vítima percebeu que havia sido enganada ao tentar realizar um PIX e ser impedida pelo limite diário de transações.

Ao buscar ajuda da gerente de sua agência, a idosa descobriu que havia sido feito um empréstimo e, em seguida, um saque de R$ 2 mil.

Idosa é vítima de golpe e perde R$ 2 mil após aceitar ajuda de estranho no Pará;
Foto: Reprodução

A Polícia Civil continua investigando o caso e está à procura dos responsáveis pelo golpe.

Como se proteger de golpes?

A Polícia Civil orienta a população a tomar as seguintes precauções:

  • Desconfie de ofertas de ajuda de estranhos em caixas eletrônicos.
  • Sempre encerre a sessão após qualquer operação no terminal.
  • Procure auxílio apenas de funcionários identificados da agência bancária.
  • Em caso de qualquer dúvida ou comportamento suspeito, informe imediatamente a segurança da agência ou a polícia.

“Se você ou alguém que conhece foi vítima de um golpe semelhante, entre em contato com a Polícia Civil para registrar a ocorrência e auxiliar nas investigações”, concluiu a corporação.