Filho suspeito de manter mãe em cárcere privado é preso após idosa pedir socorro enquanto viajava de carro por rodovia

Segundo a PM, mulher de 62 anos foi obrigada a entrar em carro e viajar de Paraíso a Palmas. Ela precisou ser encaminhada a hospital após relatar falta de ar, dores e dormência no corpo.

Compartilhe:

Na quarta-feira (20), um homem de 39 anos foi foi preso suspeito de manter em cárcere privado a própria mãe, uma idosa de 62 anos. De acordo com informações da Polícia Militar, a mulher foi obrigada a entrar em um veículo e conduzida de Paraíso até Palmas. Durante o percurso, ela buscou ajuda acenando para outros motoristas, resultando na intervenção da Polícia Militar, que conseguiu interceptar o veículo na TO-080 para resgatar a vítima.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A denúncia inicial chegou ao 8º Batalhão da PM, informando sobre uma idosa em um carro preto na rodovia, acenando em busca de auxílio. A equipe alcançou o veículo a cerca de 30 km de Paraíso e realizou a abordagem. Segundo a corporação, o condutor alegou aos policiais que havia se separado da esposa, e ela teria ido embora para Palmas. Em resposta, ele forçou a mãe a entrar no carro para ajudá-lo a reconciliar o relacionamento.

A idosa relatou aos policiais sentir falta de ar, dores e dormência no corpo. O Corpo de Bombeiros a atendeu e a encaminhou ao Hospital Regional de Paraíso. O homem foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Paraíso, sendo preso em flagrante por cárcere privado, considerando o dano psicológico infligido à vítima.

Investigações no sistema de informações revelaram que o veículo do suspeito possuía restrição judicial. Por esse motivo, foi guinchado e removido para a empresa conveniada do Detran em Paraíso do Tocantins.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.