Suspeitos de assaltar chácara e fazer reféns são presos após mais de 48 horas de cerco policial

Crime aconteceu em Pium e um dos suspeitos foi capturado na zona rural de Porto Nacional e outro em Paraíso do Tocantins.

Compartilhe:

Dois homens suspeitos de assaltar uma propriedade rural e fazer vítimas de reféns foram capturados pela Polícia Militar após mais 48 horas de cerco policial. Segundo a corporação, um dos indivíduos, de 29 anos, foi preso na zona rural entre os municípios de Porto Nacional e Palmas, neste domingo (8). Já o segundo suspeito foi detido no inicio da noite em Paraíso do Tocantins.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O Crime

Crime aconteceu na manhã de sexta-feira (5), em Pium. Segundo a PM, uma equipe foi acionada para apurar um roubo ocorrido em uma chácara na região do Riozinho, na zona rural da Cidade. Dois indivíduos, um armado com um revólver e o outro portando uma arma branca, teriam abordado o proprietário do imóvel rural enquanto ele trabalhava no curral.

A vítima tentou reagir, mas foi surpreendida por um disparo de arma de fogo efetuado com o intuito de intimidá-la. Em seguida, os criminosos abordaram um trabalhador da fazenda, que também tentou reagir, mas acabou sendo amarrado.

Os assaltantes levaram as vítimas até o interior da residência, onde efetuaram mais disparos de arma de fogo para intimidá-las, buscando informações sobre a localização de dinheiro e possíveis armas de fogo. Diante da coação, a vítima indicou onde havia dinheiro, resultando no roubo de R$ 700,00 em espécie, um relógio e um celular.

Ao perceberem a chegada de um caminhão que estava na fazenda para buscar bovinos, os criminosos fugiram para uma mata situada nos arredores da residência, com destino desconhecido.

Buscas e prisões

A PM então iniciou uma ação coordenada entre as diversas unidades com o objetivo de localizar os suspeitos e recuperar os itens roubados.

Após o inicio do cerco para localizar os criminosos, as equipes encontraram, na manhã de sábado (6), uma tornozeleira eletrônica nas proximidades do local do roubo, e após consulta junto ao sistema prisional, foi confirmada a identidade de um dos suspeitos.

Dupla suspeita de assaltar chácara e fazer reféns é presa após mais 48 horas de cerco policial
Foto: Divulgação/PM-TO

Após o cerco montando no local do crime e nas áreas circundantes, juntamente com o levantamento de informações, foi determinado que o indivíduo que abandono a tornozeleira poderia estar escondido em um assentamento entre Palmas e Porto Nacional.

No local, os policiais localizaram e prenderam o homem de 29 anos, que foi encaminhado e apresentado na Delegacia da Polícia Civil de Porto Nacional, ficando à disposição da justiça. O suspeito possui histórico criminal por receptação, furto e roubo.

O segundo envolvido, um homem de 24 anos, foi identificado e capturado durante por volta das 19h. A polícia disse que ele tem antecedentes criminais por homicídio e roubo.