Bebê morre após pular cercado de proteção e se afogar em piscina de casa em Goiás

Família disse que João Pedro Lemes da Silva saiu da mercearia da família sem ninguém perceber e voltou para casa, no mesmo lote do comércio e onde fica a piscina. Caso foi registrado como morte acidental.

Compartilhe:

Um bebê de 1 ano e 6 meses faleceu após se afogar em uma piscina em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital goiana. Uma parente relatou com emoção que João Pedro Lemes da Silva saiu despercebido da mercearia da família e retornou para casa, que fica no mesmo terreno do estabelecimento comercial.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

“A piscina tinha uma proteção para impedir que ele se aproximasse, mas mesmo assim, ele conseguiu ultrapassar o cercado. Percebemos a ausência do bebê e o encontramos na piscina, agindo imediatamente para resgatá-lo”, detalhou.

De acordo com informações dos Bombeiros, a família retirou a criança da piscina assim que percebeu o acidente e o conduziu até a Unidade Básica de Saúde (UBS) Madre Germana I. Embora o helicóptero da corporação tenha sido acionado, a morte foi confirmada antes do transporte.

O caso ocorreu na última quinta-feira (22). Com profunda emoção, a familiar compartilhou que João Pedro era um menino alegre e sorridente.

“Muito carinhoso, feliz, meigo, extremamente esperto, inteligente, carismático; ele trazia alegria para toda a família todos os dias”, desabafou.

Bebê morre após pular cercado de proteção e se afogar em piscina de casa em Goiás
Foto: Divulgação

A Polícia Civil esclareceu que o caso foi registrado na Central de Flagrantes como morte acidental.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp