Vídeo: PM dá tapa em rosto de adolescente e saca a arma durante abordagem

Caso aconteceu em Niquelândia (GO). Abordagem aconteceu porque o menor estaria pilotando uma moto sem carteira de habilitação. PM afirma que apura o caso e o sargento foi afastado das funções.

Compartilhe:

Um vídeo que circula nas redes sociais flagrou o momento em que o sargento da policial militar Edvan Costa dá um tapa no rosto de um adolescente de 17 anos. O caso aconteceu em um povoado de Niquelândia, no norte de Goiás. As imagens também mostram ainda o PM sacando a arma durante a ocorrência.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Assista o vídeo:

“Eu sento a mão na sua cara, tá duvidando, babaca? Duvida, babaca! Rindo da minha cara?”, proferiu o sargento antes de agredir o menor.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que determinou a instauração de Inquérito Policial Militar (IPM) e de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), além de afastar o PM das atividades (leia nota completa no fim da reportagem).

De acordo com o relato de testemunhas, a abordagem aconteceu porque o menor estaria pilotando uma moto sem carteira de habilitação. O caso foi registrado na última sexta-feira (2), no povoado de Vila Taveira, também conhecido como “Faz Tudo”.

Após uma série de xingamentos, o menor responde ao PM: “Eu não falei nada não”.

“É bom mesmo, sai daqui. Respeita, rapaz”, retrucou o PM.

O que diz a Polícia Militar

A propósito da solicitação de nota versando sobre um atendimento policial no povoado de Vila Taveira ou Faz Tudo, município de Niquelândia, dia 02/02/2024, a Polícia Militar de Goiás informa que:

Após tomar conhecimento do ocorrido, a Corporação determinou a instauração de Inquérito Policial Militar – IPM e também de Processo Administrativo Disciplinar – PAD, com a finalidade de apurar as circunstâncias do fato.

Informamos que o policial militar envolvido foi afastado das atividades operacionais durante o trâmite dos procedimentos.

A Polícia Militar de Goiás reitera seu compromisso com o cumprimento da lei, e esclarece que não compactua com qualquer desvio de conduta praticado por seus membros.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp