Vídeo: Enxurrada arrasta veículos e até caminhão dos Bombeiros no ES; Estado registra 4 mortes

A força da água arrastou carros em Mimoso do Sul. Vargem Alta, Bom Jesus do Norte, Alegre, Apiacá, Cachoeiro de Itapemirim e Alfredo Chaves também foram atingidas pelo temporal.

Compartilhe:

Um intenso temporal atingiu a região Sul do Espírito Santo entre a noite da última sexta-feira (22) e a madrugada deste sábado (23). O volume de chuva acumulada alcançou 295 milímetros em algumas localidades. Em Mimoso do Sul, onde quatro morreram durante a tempestade.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A força das águas também arrastou diversos veículos, inclusive um caminhão do Corpo de Bombeiros.

Assista o vídeo:

Veículos sendo arrastados por enxurrada.

Outras cidades impactadas por fortes chuvas nas últimas horas incluem Vargem Alta, Bom Jesus do Norte, Alegre, Apiacá, Cachoeiro de Itapemirim e Alfredo Chaves. Muitas ruas ficaram inundadas, transformando-se em verdadeiros rios de forte correnteza. As fatalidades em Mimoso do Sul foram confirmadas durante a tarde, mas as circunstâncias e as identidades das vítimas ainda não foram reveladas.

Um residente registrou em vídeo o momento em que o caminhão dos Bombeiros era arrastado, já na manhã de sábado. O coronel Amaral, subcomandante-geral dos bombeiros no Espírito Santo, explicou que a equipe estava respondendo a uma ocorrência quando o veículo foi arrastado pelas águas. Felizmente, todos os bombeiros estão em segurança.

Enxurrada arrasta veículos e até caminhão dos Bombeiros no ES
Foto: Reprodução/Montagem Sou Mais Noticias

Apesar do ocorrido, tanto os bombeiros quanto as pessoas que estavam no local foram retirados sem ferimentos. A equipe continua trabalhando no município.

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil está em alerta máximo devido às chuvas no Sul do Espírito Santo. Até o momento, foram registrados 101 desalojados, sem relatos de feridos ou óbitos.

Além de veículos de passeio, veículos mais pesados também foram levados pelas enchentes. Em Mimoso do Sul, a força da água chegou a quebrar e arrancar um portão de ferro.

Enxurrada arrasta veículos e até caminhão dos Bombeiros no ES
Foto: Divulgação

Um morador de Vargem Alta expressou sua tristeza com a situação na cidade, lembrando um episódio similar ocorrido há 4 anos. A Defesa Civil do Espírito Santo divulgou um relatório mostrando os acumulados de chuva em diversas cidades, sendo Bom Jesus do Norte a mais afetada, com 304 milímetros nas últimas 24 horas, seguida por Mimoso do Sul, com 231 mm, e Muniz Freire, com 196 mm.

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu um alerta vermelho para a possibilidade de chuvas intensas na Região Sudeste do Brasil, com três avisos vigentes no Espírito Santo. O Boletim Meteorológico da Defesa Civil Estadual prevê chuvas em todo o estado, especialmente nas regiões Sul, Serrana e Caparaó, com grandes volumes esperados para cada dia.

Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp

Temporal deixa 8 mortos no Rio

No Rio de Janeiro, as fortes chuvas resultaram em pelo menos oito mortes, principalmente na Região Serrana, onde os deslizamentos de terra são comuns em períodos de grande volume de precipitação.

Os registros são os seguintes:

  • Quatro mortos em Petrópolis;
  • Dois em Teresópolis;
  • Um em Arraial do Cabo;
  • Um em Duque de Caxias.

Para as próximas horas, há alerta para risco de alagamentos em várias cidades do Rio de Janeiro, incluindo Bom Jesus do Itabapoana, Campos, Magé, Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis e na capital. Além disso, o risco de deslizamentos persiste em Bom Jesus do Itabapoana, Campos, Magé, Petrópolis e Teresópolis.

Temporal deixa 8 mortos no Rio de Janeiro
Foto: Divulgação

Em Petrópolis, uma tragédia ocorreu com o desabamento de uma casa, resultando na morte de quatro membros de uma mesma família. Uma criança de quatro anos foi resgatada com vida após passar 15 horas sob os escombros, perdendo seu pai, mãe, irmão e avó.

De acordo com o Climatempo, há também risco de tempestades na região leste de Minas Gerais, próxima à divisa com o Rio de Janeiro.

Temporal deixa 8 mortos no Rio de Janeiro
Foto: Divulgação

O risco de deslizamentos em Petrópolis e Teresópolis permanece muito alto, pois qualquer quantidade adicional de chuva se soma aos problemas já causados pelas precipitações anteriores. Segundo o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), do governo federal, desde quinta-feira, a Defesa Civil de Petrópolis registrou 366 ocorrências, incluindo 238 deslizamentos.