Tio mata sobrinha de 17 anos a facadas e depois tira a própria vida

PM explicou que a menina levou vários golpes de faca do tio, com quem morava. O pai do suspeito, estava no local e tentou intervir nas agressões, mas foi intimidado pelo agressor.

Compartilhe:

Um homem de 49 anos é suspeito de assassinar sua sobrinha de 17 anos a facadas em Catalão, na região sudeste de Goiás, segundo a Polícia Militar. A vítima, identificada como Cibelly Tomás da Silva, sofreu múltiplos golpes de faca desferidos pelo tio, com quem morava.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O crime ocorreu no sábado (1º), no setor Jardim Brasília. A jovem tentou escapar, mas foi alcançada e esfaqueada diversas vezes pelo tio. A identidade do suspeito não foi divulgada.

Receita Federal fecha shopping de importados e apreende R$ 3 milhões em mercadorias em Palmas.

Operação cumpriu mandados de prisão e apreensão em lojas de Palmas e Brasília suspeitas de vender produtos falsificados. Um dos alvos é uma loja que fica ao lado da prefeitura da capital tocantinense.

De acordo com os bombeiros, a adolescente sofreu vários ferimentos de faca no pescoço, antebraço, mão e abdômen. O suspeito foi encontrado morto em um quarto da mesma residência.

A Polícia Militar informou que um idoso, pai do suspeito, estava presente durante o ataque e tentou intervir, mas foi “intimidado pelo agressor”. O idoso, que tem saúde debilitada, tentou proteger a neta e quase foi atacado pelo agressor, sendo salvo por um vizinho.

A Polícia Civil acionou o Instituto Médico Legal (IML) para a remoção dos corpos e a realização da perícia.

Centro de Valorização da Vida (CVV)

O Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio emocional gratuito e confidencial a quem está passando por momentos difíceis, incluindo prevenção ao suicídio.

O serviço voluntário está disponível por telefone, e-mail, chat e presencialmente, garantindo um espaço seguro para conversas acolhedoras e sigilosas.

Voluntários atendem pelo telefone 188. Também é possível conversar via e-mail e chat através do site www.cvv.org.br, ou até pessoalmente, na Rua Campos Melo, 189, no bairro Vila Mathias. O local funciona 24h.