Segundo suspeito de envolvimento nas mortes de mototaxista em Porto Nacional e de jovem em Palmas é preso

Dupla é suspeita de matar mototaxista e, após fugir para capital, de assassinar jovem na região sul da cidade. Outro suspeito tinha sido preso logo após o segundo homicídio.

Compartilhe:

O segundo suspeito de envolvimento em dois homicídios praticados nesta segunda-feira (26), foi preso pela Polícia Milita,r em Palmas. Ele, juntamente com um comparsa que foi detido horas antes, são apontados como responsáveis pelas mortes de um mototaxista de 62 anos em Porto Nacional e de um jovem de 21 anos na capital

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O primeiro suspeito, identificado como Alex Gomes Sampaio, foi preso logo após o segundo crime. Já Kayllan Deblan Diniz Silva, conseguiu fugir da abordagem e correr para uma área de mata. Porém, ele foi localizado e preso pelos policiais militares, por volta das 20 horas.

A primeira vítima foi o mototaxista José Rodrigues da Silva Filho, mais conhecido como ‘Zeca’. Ele foi abordado e morto a tiros pelos criminosos perto do presídio de Porto Nacional. Uma testemunha informou que os indivíduos teriam derrubado a vítima do veículo. Depois disso, atiraram contra o mototaxista e levaram o veículo.

Foto: Divulgação

Os suspeitos tentaram roubar a moto em que a vítima estava, mas não conseguiram fugir com ela. A dupla então teria roubado outra motocicleta e ido para Palmas.

Chegando na capital, eles teriam assassinado Kleverson Nogueira Silva. Segundo a PM, o jovem estava andando de bicicleta com um amigo pela rua RN4, no setor Sul, quando foram abordados por dois homens em uma motocicleta branca.

Um dos suspeitos desceu e começou a disparar contra eles. Cleverson foi atingido e morreu no local, enquanto seu amigo conseguiu escapar.

A perícia encontrou pelo menos seis cápsulas de arma de fogo deflagradas no local do crime.

Prisão dos suspeitos

A PM informou que logo após o segundo homicídio, uma equipe conseguiu abordar os suspeitos e um deles foi preso. O outro suspeito, mesmo ferido no pé, conseguiu fugir da abordagem policial. Ele teria entrado em uma área de mata, no setor Irmã Dulce.

Após buscas pela região, uma equipa da PM conseguir localizar e prender o segundo suspeito de envolvimento nos dois homicídios. Com ele foi encontrado uma pistola calibre 9mm, supostamente utilizada nos dois crimes.