Polícia Federal fecha três garimpos ilegais na Terra Indígena Kayapó, no Pará

Segundo a corporação, ninguém foi preso, mas responsáveis já foram identificados.

Compartilhe:

Uma operação da Polícia Federal (PF) fechou três garimpos ilegais na Terra Indígena (TI) Kayapó, situada em Bannach, município do sudeste do Pará. O anúncio da ação foi feito neste sábado (11). O propósito, conforme a corporação, é combater os crimes ambientais e a extração ilegal de minérios na região conhecida como “Garimpo da Pista Branca”.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Durante a operação, foram inutilizadas três escavadeiras hidráulicas, quatro motores, três estruturas de apoio, duas caixas de coleta de ouro (estrovengas) e uma motocicleta. Além disso, os policiais encontraram um celular no local.

“Ninguém foi detido durante a operação, mas a Polícia Federal (PF) conseguiu identificar os responsáveis pelos crimes e buscará responsabilizá-los nos inquéritos que serão abertos”, informou a equipe.

Polícia Federal fecha três garimpos ilegais na Terra Indígena Kayapó, no Pará
Foto: Divulgação

A TI Kayapó está entre as terras indígenas listadas para desintrusão por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) e, segundo a PF, é uma das áreas indígenas mais afetadas no país pela atividade indiscriminada de garimpeiros.

Os agentes destacaram que esta operação marca o início de uma série de ações programadas pela PF ao longo do ano, que precederão a desintrusão planejada pelo STF.