Motorista passa com carro duas vezes em cima de idosa durante briga em Goiás; Vídeo

Confusão aconteceu em frente a uma distribuidora. Vídeo mostra o momento em que o suspeito atropela Anália Mendanha que não tinha nada a haver com a briga. Ela está internada em hospital de Goiânia.

Compartilhe:

Uma cena chocante ocorreu em Goiânia após uma briga na frente de uma distribuidora de bebidas. Após a confusão, um motorista passou com o carro duas vezes em cima de uma idosa de 67 anos, identificada como Anália Antônia Mendanha. Um vídeo registrou o momento do atropelamento.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O suspeito foi preso pela Polícia Militar. De acordo com a corporação, a idosa não estava envolvida na briga que precedeu o incidente.

Assista o vídeo:

O atropelamento ocorreu na quinta-feira (2) no Setor Jardim Europa, e a prisão do suspeito foi realizada no dia seguinte, no Setor Vila União. Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes. Até o momento desta reportagem, não foi possível contatar a defesa do acusado.

A vítima está sendo atendida no Hospital de Urgências de Goiás (Hugo) em estado regular. Após ser admitida na emergência, agora está internada na enfermaria. O caso está sob investigação do delegado Rilmo Braga, da Polícia Civil.

Segundo informações da Polícia Militar, a mulher atropelada não era o alvo do motorista. A tenente Rhaianna Iannari explicou que, ao ser abordado, o suspeito alegou ter consumido bebida alcóolica e se envolvido em uma discussão com outros homens na distribuidora de bebidas. Ele afirmou que sua intenção era atropelá-los, não a idosa.

Confusão aconteceu em frente a uma distribuidora. Vídeo mostra o momento em que o suspeito atropela Anália Mendanha que não tinha nada a haver com a briga. Ela está internada em hospital de Goiânia.
Foto: Divulgação

O suspeito, preso próximo à sua residência, confessou o crime à PM. Ele afirmou que não tinha a intenção de atropelar a idosa especificamente. Na entrevista à Polícia Civil, ele alegou que o atropelamento foi acidental e não intencional.

O vídeo do incidente mostra também pessoas na calçada observando o crime.

A nora da vítima expressou sua tristeza com o ocorrido, relatando que Anália quebrou a bacia no atropelamento e ficará incapacitada de andar. A família exige justiça pelo ocorrido, buscando que o responsável permaneça preso e pague pelo crime cometido.