Médico indiciado por estuprar sobrinha e babá é preso após armas e munições serem encontrados na casa dele

Armamento foi encontrado durante cumprimento de mandado de busca em Paraíso do Tocantins. A esposa do médico também é investigada porque supostamente sabia dos crimes e não fez nada.

Compartilhe:

Na manhã desta terça-feira (30), médico acusado de estuprar sua sobrinha e uma babá foi preso em Paraíso do Tocantins, região central do estado. Segundo a Polícia Civil, a prisão aconteceu após os agentes encontrado armas e munições não registrada na casa dele.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Tanto o médico, de 66 anos, quanto sua esposa foram indiciados por dois casos de estupro. Segundo a polícia, a esposa tinha conhecimento dos abusos e não tomou medidas para impedi-los ou denunciá-los. Os nomes do casal não foram divulgados.

O primeiro indiciamento ocorreu no início de abril, quando a polícia informou que o médico teria abusado sexualmente de sua sobrinha dos 11 aos 16 anos. Nesse caso, a avó e a esposa do médico também foram indiciadas por não terem agido após tomar conhecimento dos abusos.

Uma semana depois, veio à tona o segundo caso, envolvendo uma jovem de 25 anos que trabalhou como babá para o médico. Ela relatou ter sido abusada aos 15 anos e decidiu denunciar após saber do primeiro indiciamento. Alegou também não ter procurado a polícia na época devido a ameaças feitas pela esposa do médico.

Além de ter sido vítima de abuso, a polícia informou que a jovem presenciou os abusos cometidos contra a primeira vítima, sobrinha do casal, que também residia na mesma casa.

Após os indiciamentos, ambos os casos foram encaminhados ao judiciário.

Apreensão de armas

Nesta terça-feira, a polícia realizou uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão na residência do médico, como parte de uma terceira investigação. Durante a ação, foram encontradas três armas, 180 munições e acessórios sem os devidos registros.

Médico indiciado por estuprar sobrinha e babá é preso após armas e munições serem encontrados na casa dele
Foto: Divulgação/SSP-TO

“O homem e sua esposa já haviam sido indiciados em dois casos relacionados a estupros, e a operação de hoje decorreu de uma terceira investigação, que visa verificar possíveis ameaças a pessoas envolvidas”, relatou o delegado regional de Paraíso, José Lucas Melo.

Todo o armamento apreendido foi encaminhado para perícia. O médico suspeito foi autuado em flagrante e encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Paraíso.

A operação contou com equipes da 6ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV) de Paraíso, da 63ª Delegacia de Polícia e da 6ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC) da cidade.