Inquilino é preso por assassinar a tiros dono de casa alugada após briga em Palmas

Suspeito estava foragido desde o dia 13 de abril. Segundo a polícia, ele já havia sido condenado por crimes de estupro, roubo e associação criminosa no Pará.

Compartilhe:

Um homem de 46 anos é suspeito de matar a tiros o proprietário da casa que alugava devido a um desentendimento entre os dois. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o crime ocorreu em Palmas, e o suspeito foi localizado em uma chácara na saída da cidade após fugir.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A vítima, José Pedro Alves Filho, foi baleada pelo suspeito no dia 13 de abril. Ele chegou ser internado no Hospital Geral de Palmas para tratar dos ferimentos, mas não resistiu e foi a óbito no dia 2 de maio.

O nome do suspeito não foi divulgado. Ele foi preso por agentes da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) na quinta-feira (16), em uma chácara na saída de Palmas, em direção a Aparecida do Rio Negro.

De acordo com a Polícia Civil, o desentendimento entre José Pedro e o suspeito teve origem em uma disputa pelo aluguel de uma casa no setor Santa Bárbara, na região sul da cidade. José Pedro havia solicitado a devolução do imóvel, e o suspeito retirou alguns bens da casa. A vítima registrou a ocorrência na delegacia e o suspeito reagiu de forma violenta, atentando contra a vida de José Pedro.

Durante a investigação, a polícia descobriu que o suspeito já tinha condenações por crimes de estupro, roubo e associação criminosa no Pará, de onde é foragido, com 33 anos de prisão ainda pendentes.

O suspeito foi encaminhado para a Unidade Penal de Palmas, onde permanece à disposição do Poder Judiciário.