Homem é preso suspeito de matar três pessoas ‘por prazer’ e beber o sangue das vítimas

Crimes aconteceram em Goiânia. Segundo a polícia, o homem aproveitava do estado de vulnerabilidade das vítimas em situação de rua e usuários de drogas para atraí-las e depois matá-las.

Compartilhe:

Um homem foi preso suspeito de ter cometido três assassinatos em Goiânia. Conforme a Polícia Civil, as investigações apontam que ele teria cometido os crimes “por prazer” e consumado atos macabros, como o consumo do sangue das vítimas após os homicídios.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O delegado encarregado do caso, Marcus Cardoso, relatou que o suspeito, que trabalhava como catador de recicláveis, era considerado uma ameaça à sociedade devido à sua propensão para os atos violentos. O nome do acusado não foi divulgado pelas autoridades.

A apuração revelou que o modus operandi do homem foi consistente nos três assassinatos. Ele teria se aproveitado da situação de vulnerabilidade das vítimas, geralmente pessoas em situação de rua e usuários de drogas, para atraí-las e posteriormente executá-las.

Os crimes ocorreram entre dezembro de 2023 e fevereiro de 2024 na região norte da cidade. Medidas cautelares foram cumpridas durante uma operação conduzida pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) na última terça-feira (27).

O delegado detalhou que o suspeito confessou apenas um dos homicídios, mas evidências sugerem que ele possa ter outros alvos em mente. Denúncias anônimas indicam que o homem teria uma lista com os nomes de mais cinco pessoas que planejava assassinar.

Homem é preso suspeito de matar três pessoas ‘por prazer’ e beber o sangue das vítimas
Polícia Civil encontrrou sangue humano em escada – Foto: Divulgação/PC-GO

A operação, denominada Sanguinaz, recebeu apoio da Polícia Técnico-Científica, e a prisão do suspeito foi efetuada pela Polícia Militar no último domingo (25). O indivíduo já possui antecedentes criminais por homicídio e tortura.

Durante as buscas realizadas nos endereços associados ao suspeito, a Polícia Técnico-Científica encontrou vestígios de sangue humano em um dos locais. As amostras serão confrontadas com as dos corpos das vítimas como parte da investigação em curso.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp