Governador do Tocantins fica internado após fazer procedimento no coração

Wanderlei Barbosa deve ficar afastado de suas funções até o dia 8 de abril.

Compartilhe:

O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa (Republicanos), foi para São Paulo para receber tratamento médico relacionado a problemas cardíacos. Ele foi submetido a um procedimento de cateterismo e está atualmente hospitalizado no Hospital Sírio-Libanês.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

De acordo com assessoria do estado, o governador permanecerá em observação até sábado (6), conforme orientação médica, mas o atestado médico indica que ele deve se ausentar de suas funções até o dia 8 de abril.

O afastamento das atividades como Chefe do Poder Executivo iniciou-se no dia 1º deste mês, quando ele foi admitido em uma clínica privada para tratamento. O tratamento foi prescrito pelo médico clínico geral Alfredo Salim Helito.

O governo informou que exames médicos revelaram obstruções de 90% em duas das coronárias e de 70% em uma terceira artéria. Na quinta-feira (4), ele foi submetido a uma angioplastia para desobstrução das coronárias, por meio de um cateterismo para a colocação de stents, além de um procedimento com balão na outra artéria.

A Secretaria de Comunicação declarou que o governador está em bom estado e consciente, com previsão de alta a partir de sábado. Disse também que desde sua partida para São Paulo, Wanderlei Barbosa tem mantido contato virtual com seu secretariado.

Em agosto de 2023, o governador já havia se ausentado para tratar questões de saúde. Na ocasião, Wanderlei passou por uma cirurgia de emergência no Hospital Geral de Palmas, após sofrer uma queda e lesionar a perna esquerda. Após a cirurgia, foi recomendado que ele ficasse em repouso domiciliar.