VÍDEO: ‘Eu volto contigo’, suplica adolescente enquanto é esfaqueada pelo ex; mãe da vítima também foi ferida

Caso aconteceu em Ananindeua, no Pará. Mãe da adolescente de 17 anos tentou defender a filha e também foi esfaqueada. Jovem de 17 anos foi apreendido.

Compartilhe:

Uma adolescente de 17 anos foi atacada com múltiplos golpes de faca na cidade de Ananindeua, na região metropolitana de Belém, no Pará. O suspeito do ataque é o ex-namorada da vítima, também de 17 anos. Imagens de uma câmera de segurança, que circula pelas redes socais, registrou o ataque.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O caso aconteceu na sexta-feira (3), no bairro de Águas Brancas. Nas imagens, a jovem, apesar dos ferimentos, chega a implorar para que o agressor pare: “Eu volto contigo. Para, por favor”, suplica.

Assista o vídeo:

A mãe da vítima, ao tentar proteger a filha, entrou em confronto com o suspeito e também acabou sendo esfaqueada. Ela sofreu graves lesões no rosto e em uma das pernas. Ambas foram prontamente socorridas e levadas ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), onde seu estado de saúde é considerado estável.

Logo após o ataque, o adolescente agressor foi apreendido em flagrante e levado à Delegacia de Atendimento ao Adolescente (Data). Ele vai responder por ato infracional equiparado a tentativa de feminicídio equiparado. Perícias foram solicitadas e o caso está sendo investigado sob sigilo.

Uma testemunha relatou que a adolescente iniciou um relacionamento com um suspeito em março e que durou pouco mais de um mês. O jovem já teria um histórico de violência, mas a vítima não tinha conhecimento.

A irmã, que é vizinha da família, foi alertada pelos gritos e correu para verificar o que estava acontecendo. Ao chegar, encontrou o namorado da irmã em confronto físico com a mãe, que já estava visivelmente ferida. “Minha mãe está estável, não corre mais perigo. Ela passará por uma cirurgia amanhã. Ela também foi golpeada várias vezes no pescoço e rosto. Seu rosto foi muito atingido, ela lutou diretamente com ele na tentativa de desarmá-lo”, explicou a irmã da vítima.