Em Palmas: dose da vacina contra dengue começa ser aplicada a partir de quarta-feira

Cerca de 9 mil doses foram destinada para a capital e serão direcionada às crianças de 10 e 11 anos Todas as Unidades de Saúde da Família devem ofertar a vacina.

Compartilhe:

A partir de quarta-feira (28), as doses da vacina contra a dengue serão administradas na população de Palmas. A primeira etapa da vacinação será direcionada às crianças de 10 e 11 anos, conforme as diretrizes do Ministério da Saúde.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Após 14 municípios do Tocantins terem sido incluídos na lista do órgão federal para receber a vacina Qdenga, as doses chegaram ao estado na sexta-feira (23). No total, 11.540 imunizantes foram distribuídos, sendo que Palmas recebeu 9.082 doses, de acordo com a programação anunciada pela prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) por meio das redes sociais nesta terça-feira (27).

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), as salas de vacina das 34 Unidades de Saúde da Família (USF) estarão abertas das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, para realizar a imunização das crianças.

De acordo com o monitoramento da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, Palmas registrou 370 casos prováveis de dengue nas primeiras sete semanas epidemiológicas do ano de 2024. Além disso, entre os dias 11 e 17 de fevereiro, foram notificados oito casos suspeitos de dengue com sinais de alarme ou gravidade na capital.

As doses também foram destinadas às seguintes cidades:

  • Miracema do Tocantins – 544 doses;
  • Miranorte – 367 doses;
  • Rio dos Bois – 92 doses;
  • Rio Sono – 148 doses;
  • Novo Acordo – 143 doses;
  • Aparecida do Rio Negro – 166 doses;
  • Lajeado – 116 doses;
  • Santa Tereza do Tocantins – 105 doses;
  • Tocantínia – 352 doses;
  • Lagoa do Tocantins – 135 doses;
  • Fortaleza do Tabocão – 116 doses;
  • São Félix do Tocantins – 69 doses;
  • Lizarda – 102 doses.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), responsável pela distribuição, informou que o Tocantins tem uma população de 28.805 crianças e adolescentes, sendo necessárias 58 mil doses para atender à demanda com primeira e segunda doses. A quantidade enviada contribuirá para reduzir o número de hospitalizações devido a complicações da doença.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp