Caminhão fura sinal vermelho e é atingido por trem que descarrila e colide com casa; Vídeo

Caso aconteceu na cidade de Rolândia, localizada no norte do Paraná. Ninguém ficou ferido, segundo os bombeiros.

Compartilhe:

Vídeos de câmeras de segurança registraram o momento exato em que uma carreta desrespeita o sinal vermelho, atravessa a linha férrea e colide com um trem. O caso aconteceu na manhã deste domingo (18), na cidade de Rolândia, localizada no norte do Paraná.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Assista o vídeo:

A locomotiva carregada de soja atingiu a parte central do caminhão. Após a colisão, o trem descarrilou e atingiu um casa próxima à linha férrea. Segundo relatos dos bombeiros, não houve registro de feridos.

A corporação relatou que ocorreu vazamento de combustível, mas afirmaram que não há risco iminente de explosão. Como medida preventiva, a área foi isolada pelos bombeiros.

A empresa Rumo, responsável pela operação dos vagões, informou que suas equipes estão trabalhando para remover a carreta e limpar a área afetada.

Caminhão fura sinal vermelho e é atingido por trem que descarrila e colide com casa
Casa atingida por locomotiva – Foto: Divulgação

“O maquinista acionou a buzina e os freios de emergência, porém, devido ao peso e tamanho da composição, não foi possível evitar o impacto”, afirmou a empresa em comunicado.

Além disso, a Rumo destacou que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a linha férrea sempre tem preferência, sendo considerada uma infração gravíssima atravessar uma passagem em nível sem parar previamente.

“A empresa continua empenhada em conscientizar e prevenir acidentes, promovendo diversas campanhas educativas em diferentes municípios do Paraná. No entanto, mesmo com esses esforços, comportamentos imprudentes persistem. A concessionária reforça a importância do cumprimento das normas de trânsito, especialmente ao atravessar passagens em nível, e continua comprometida em intensificar suas iniciativas educativas para garantir a segurança viária”, concluiu a Rumo em sua declaração.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp