Bombeiro é preso suspeito de atirar na cabeça de mulher após briga em bar; Vídeo

Crime aconteceu em de Alto Paraíso de Goiás. Imagens mostram quando o bombeiro do DF entra no meio de uma briga entre dois outros homens.

Compartilhe:

Um bombeiro do Distrito Federal foi preso suspeito de disparar e ferir uma mulher na cabeça após um conflito em um bar em Alto Paraíso de Goiás, no nordeste de Goiás. Um vídeo registra dois homens trocando socos, com o bombeiro se envolvendo na disputa. Após a briga, ele teria disparado contra o carro de um dos envolvidos, atingindo a mulher.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Assista o vídeo:

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal declarou que está monitorando a investigação do caso e que, se as alegações forem confirmadas, serão tomadas as devidas ações administrativas. O nome do bombeiro não foi informado.

O vídeo mostra dois homens lutando no chão, perto do caixa. O bombeiro tenta intervir, mas também acaba caindo. Ele então entra em uma discussão com outro homem próximo.

Duas mulheres tentam apartar a briga e os homens no chão são contidos e se retiram. O bombeiro tenta dialogar com os dois clientes, que saem do bar. Testemunhas afirmam que, já do lado de fora, o bombeiro pegou uma arma e disparou contra o carro de um dos envolvidos, atingindo uma mulher.

Pouco depois, o bombeiro retorna ao bar, ainda armado. Não há informações sobre o que desencadeou a briga ou se o bombeiro conhecia algum dos envolvidos.

Ainda não há informações sobre o estado saúde da vítima. A Polícia Militar foi acionada e prendeu o bombeiro em flagrante. Sua arma foi apreendida.

O bar declarou que está colaborando com a polícia na investigação e já forneceu todas as filmagens relacionadas ao incidente. O estabelecimento também expressou solidariedade à vítima e prometeu reforçar as medidas de segurança e precaução na entrada para prevenir futuros incidentes.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp