Árbitro desmaia ao levar soco de jogador após expulsá-lo em partida de futsal amador

Situação aconteceu após o árbitro marcar uma falta em um campeonato de futsal amador. Imagens mostram quando o profissional cai desacordado na quadra.

Compartilhe:

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que um jogador dá um soco e faz o árbitro Jean Vieira desmaiar após ser expulso de um jogo, em Goiânia; A situação aconteceu durante um campeonato de futsal amador. Imagens mostram quando o profissional cai desacordado na quadra.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O caso aconteceu na última sexta-feira (8). Assista o vídeo:

“Eu fui para trabalhar e deixei a família em casa para conseguir um renda extra. Como vai ser a próxima vez que eu der um cartão vermelho? Até quando essa violência no futebol vai continuar?”, desabafa Jean que é árbitro há 14 anos e em Goiás está há 4 anos.

Segundo ele, é a segunda agressão com soco que ele leva durante a carreira em Goiás. A Polícia Civil investiga a caso.

Não havia ambulância e viatura da polícia no ginásio. O responsável pela empresa disse que só consegue apoio médico e policial em jogos maiores.

Árbitro desmaia ao levar soco de jogador após expulsá-lo em partida de futsal amador
Foto: Montagem/Reprodução

O time do jogador, o Sporte Club Kbuloso, divulgou uma nota nas redes sociais e disse que não concorda e não aceita qualquer tipo de agressão, dentro e fora, no clube, e que o jogador não faz mais parte da equipe.

Segundo a polícia, o jogador, que não teve o nome do divulgado, tem passagens por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e responde por um homicídio.

O time do jogador estava perdendo e agressão aconteceu oito minutos antes do jogo terminar. Antes disso, o jogador chegou a chutar o goleiro adversário que estava no chão após uma defesa.

O jogador já tinha um cartão amarelo e após a falta ganhou um vermelho e foi expulso do jogo. Nas imagens, é possível ver quando o jogador agride o árbitro com um soco nas costas que o derruba no chão.

Jean passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) de Aparecida de Goiânia. “Não senti a pancada e não lembro de nada. Só quando acordei com dor. Os bombeiros me disseram que eu tive um início de convulsão”, conta o árbitro.

Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp