Vídeo: PM agride com cotovelada homem que estava acompanhado da esposa e filha em padaria

Vítima está internada e pode precisar passar por cirurgia por conta de uma lesão no olho. Caso aconteceu em uma padaria de Jacareí (SP).

Compartilhe:

Um jovem de 27 anos foi brutalmente agredido por um policial militar em uma padaria de Jacareí (SP) na noite desta quarta-feira (24). Câmeras de segurança registraram o incidente. Kelvyn Alexsander Barbosa foi agredido com uma cotovelada do policial. A vítima sofreu ferimentos no olho e no nariz, sendo posteriormente levado à Santa Casa da cidade, onde permanece internado.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Assista o vídeo:

As imagens mostram Kelvyn e o policial, identificado como Richardson Igan de Monteiro de Paula Bento, no balcão da padaria. Em um momento, o agente se aproxima do homem e o atinge com uma cotovelada no rosto, deixando o local em seguida.

A esposa de Kelvyn, Alana Ketlin dos Santos Barbosa, que estava com a filha do casal, afirmou que o policial ficou irritado porque achou que eles estavam furando a fila. No entanto, a família alega que Kelvyn estava na padaria apenas para entregar roupas que não serviam mais para a filha a uma funcionária.

Vítima está internada e pode precisar passar por cirurgia por conta de uma lesão no olho. Caso aconteceu em uma padaria de
Foto: Divulgação

Segundo Nayane Cristina Barbosa Nunes, irmã de Kelvyn, ele não estava lá para fazer um pedido, portanto, não furou a fila. Ela destacou que ele foi ao estabelecimento para entregar roupas para a filha da funcionária.

A família busca justiça e espera que o policial agressor seja responsabilizado pelo ocorrido. Nayane informou que o irmão pode passar por um procedimento cirúrgico devido aos ferimentos no rosto.

A defesa de Richardson Igan de Monteiro de Paula Bento informou que não vai se manifestar no momento e que ainda não foi acionada judicialmente sobre o caso.

A Polícia Militar, por sua vez, afirmou que instaurou um inquérito para apurar o incidente. O policial envolvido já está afastado das funções operacionais na cidade, e a corporação reiterou que não compactua com atos ilegais, comprometendo-se a apurar qualquer desvio de conduta com rigor da lei.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp