Vídeo: Carteiro acerta chute em cachorro que tomava sol na frente de loja no Tocantins

Registro foi feito em frente a estabelecimento que vende peças de motos em Paraíso do Tocantins. Tutora do animal trabalha no local e contou que o carteiro ainda foi grosseiro após receber reclamação.

Compartilhe:

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um carteiro chutando um cachorro em frente a uma loja de peças de motos no centro de Paraíso do Tocantins, região central do estado. O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (23).

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Susana Siqueira Pereira, dona do cachorrinho chamado Gohan, explicou que o animal costuma sair pela manhã para tomar sol em frente à loja onde ela trabalha. “Ele sempre fica na loja. Todo mundo conhece, os clientes sabem que ele sempre está por aqui. É super dócil, de pequeno porte, e não mexe com ninguém. Nesse horário ele vai lá tomar sol”, contou Susana.

Assista o vídeo:

A superintendência dos Correios informou que um procedimento administrativo foi aberto para investigar o ocorrido e que o colaborador envolvido foi realocado para outra rota de distribuição.

O vídeo mostra o carteiro parado ao lado de uma moto, dando um chute no cachorro e depois se esticando para colocar cartas em uma caixa de correio como se nada tivesse acontecido. Após ser atingido, o cachorrinho corre em direção ao interior da loja.

“Correu aqui para dentro e eu o acudi. Meu namorado, proprietário da loja, foi falar com o carteiro e ele estava muito estressado, sendo bastante rude conosco também”, disse Susana. Após o ocorrido, o namorado de Susana foi até os Correios para mostrar as imagens. O animal, de raça indefinida, está bem.

O que diz os Correios

Os Correios declararam que não compactuam com nenhum tipo de agressão. Após tomar conhecimento da ocorrência, a estatal determinou a mudança da rota do carteiro e a abertura de um processo administrativo para apurar a conduta do empregado, com sanções que podem variar de advertência a demissão. A empresa também está tentando localizar o tutor do animal.

Os Correios reforçaram seu repúdio a qualquer ato de agressão e destacaram que seus valores prezam pela cortesia e respeito em todos os relacionamentos. A empresa afirmou que treina periodicamente seus empregados e terceirizados sobre como lidar com possíveis situações envolvendo cães durante suas atividades.