Vídeo: Balsa usada em garimpo ilegal é destruída e suspeitos são multados pela polícia em R$ 110 mil

Caso aconteceu em Natividade, no sudeste do Tocantins. No local foram encontradas duas balsas suspeitas de minerar ouro sem licença e 9 pessoas foram autuadas por infração ambiental.

Compartilhe:

Nove pessoas são suspeitas de praticarem atividades de garimpo sem licença ambiental em afluentes do Rio Peixe com o Rio Manoel Alves,s no município de Natividade, no sudeste do estado. Eles foram multados em R$ 110 mil e tiveram uma embarcação incendiada. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo o BPMA, durante a abordagem, foram identificados e apreendidos equipamentos de extração de minério de ouro, duas bateias utilizadas na lavra, três balanças de precisão, dois barcos de alumínio, dois motores de popa e um freezer. Parte dos itens apreendidos será destinada a instituições de caridade.

A balsa, que continha draga de sucção, compressor, motor de Scania e outros equipamentos que não poderiam ser removidos, foi incendiada.

Assista o vídeo:

Segundo a Polícia Militar, no dia 7 de março, equipes do Batalhão da PM Ambiental (BPMA), com o apoio do Batalhão de Policiamento de Choque (BPchoque)/Grupo de Operações com Cães (GOC), descobriram as duas balsas realizando atividades de mineração de ouro sem a devida licença ambiental.

Segundo o BPMA, a queima de equipamentos está prevista em lei e tem como objetivo prevenir a ocorrência de novas infrações e proteger a recuperação ambiental da região.