Suspeitos de tentativas de homicídios que deixou 4 feridos são presos em Gurupi

Os crimes aconteceram na noite deste domingo. Três suspeitos foram capturados em menos de 24 horas após uma onda de ataques.
Compartilhe


A Polícia Civil efetuou, a prisão de três suspeitos de participação nas tentativas de homicídios em Gurupi, região sul do Tocantins, que deixou quatro pessoas feridas. A onda de ataques ocorreu na noite de domingo (20). A captura dos indivíduos aconteceu em menos de 14 horas após os crimes.

Os presos foram identificados apenas pelas iniciais S.J.B.S, de 27 anos de idade, L.R.C, de 24 anos e A.N.B, de 18 anos. Conforme a Polícia Civil, eles foram localizados quando se encontravam em uma residência, localizada no setor Malvinas. 

No momento da abordagem, os agentes encontraram em poder dos suspeitos um revólver calibre 38 com numeração suprimida, munições do mesmo calibre, um aparelho de telefone celular roubado, uma porção de maconha e uma motocicleta.

Ainda segundo a polícia, os três homens foram autuados em flagrante pelos crimes de integrar organização criminosa, receptação, posse de drogas e posse de arma de fogo com numeração suprimida.

Eles foram foram recolhidos à Casa de Prisão Provisória (CPP) de Gurupi, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. A polícia informou também que as investigações avançam no sentido de apurar a atuação do grupo em outros na região.

Foto: Divulgação

Entenda

O primeiro ataque aconteceu no Setor Bela Vista, por volta das 20h48. A vítima, um homem de 25 anos, contou à Polícia Militar que estava andando a pé pela avenida Shalom, quando foi surpreendido por dois homens que passavam em uma motocicleta. Ele foi atingido na perna esquerda.

Os criminosos estavam em uma motocicleta e fugiram sem levar nada. A primeira vítima estava sendo atendida pelo Samu quando ocorreu a segunda tentativa de homicídio, desta vez na avenida Jerusalém, no mesmo bairro.

De acordo com a PM, no local acontecia uma festa de aniversário. Testemunhas relatara que durante o evento uma motocicleta passou na rua e em seguida foram feitos vários disparos contra o portão da casa.

Mãe e filha, de 37 e 18 anos, estavam sentadas próximo ao portão e foram atingidas perto do ombro. Elas foram socorridas por familiares e levadas para ao hospital.

O último crime aconteceu na Avenida Dueré. por volta das 21h50, no setor Pedroso. Segundo a Polícia Militar, uma testemunha informou que a vítima tinha sido baleada por arma de fogo enquanto andava de bicicleta, próximo de um supermercado.

Todas as vítimas foram levada para o Hospital Regional de Gurupi.

*Em função do novo Manual de Procedimentos, conhecido no meio como o “decreto da mordaça”, a Polícia Civil não pode divulgar  nomes ou imagens de suspeitos de crimes no Tocantins.

| Recomendado