Suspeito é morto em confronto com a PM enquanto tentava atravessar o rio Tocantins em barco com bens roubados

Caso aconteceu em Sampaio, no norte do Tocantins. Três homens teriam realizado vários furtos e roubos em residências e foram encontrados durante a fuga em uma canoa.

Compartilhe

Um suspeito de praticar furtos e roubos em Sampaio, na região do Bico do Papagaio, foi morto durante uma abordagem da Polícia Militar. A corporação afirma que houve uma troca de tiros na noite desta quarta-feira (24) próximo de uma praia em São Miguel do Tocantins, no momento em que três suspeitos estavam em uma embarcação tentando cruzar o rio Tocantins em direção ao Maranhão.

Ainda de acordo com a PM, a quadrilha teria furtado e roubado várias casas em Sampaio durante a madrugada. Em um dos casos, os criminosos chegaram a amarrar o dono da residência durante o roubo.

Em uma ação conjunta com a Polícia Civil, os policiais conseguiram descobrir que os suspeitos estariam fugindo em direção ao Rio Tocantins para atravessar a divisa com destino a Imperatriz (MA). Os homens foram encontrados em uma canoa motorizada nas margens do rio.

A PM afirma que os policiais se aproximaram para tentar reconhecer os tripulantes da embarcação, mas na hora em que se identificaram como policiais foram recebidos a tiros pelos criminosos.

Foto: Divulgação/PMTO

A corporação afirma ainda que durante a troca de tiros um dos suspeitos teria entrado no rio e mesmo assim continuou atirando contra os policiais. Após o fim do confronto, os encontrou um dos suspeitos morto na embarcação. Com ele foi encontrado um revólver com munições deflagradas.

Também foram localizadas na canoa duas espingardas de fabricação caseira e vários objetos furtados como facas, eletrodomésticos, bicicletas e até um botijão de gás. Os PMs fizeram buscas nas proximidades de onde houve o confronto, mas não conseguiram localizar os outros suspeitos que pularam no rio.

A Polícia Científica realizou a perícia e o Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo do suspeito, que não estava com documentação. Todos os objetos apreendidos foram entregues na Central de Flagrantes em Araguatins para as demais medidas cabíveis.