Suspeito de violência doméstica é preso após mulher gritar por socorro e vizinhos chamarem a PM

Caso aconteceu em Porto Nacional. Vítima contou aos policiais que briga começou depois que ela pediu para o companheiro dirigir mais devagar.

Compartilhe:

Um episódio de violência doméstica resultou na prisão de um homem de 22 anos por agredir sua companheira em Porto Nacional. A vítima foi socorrida após gritar por ajuda e os vizinhos acionarem a polícia.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo informações da Polícia Militar, a agressão aconteceu em uma residência localizada no setor Granville, no domingo (10). Testemunhas presenciaram a mulher clamando por socorro, e quando os policiais chegaram ao local, a vítima, de 21 anos, exibia evidentes marcas de estrangulamento no pescoço, além de estar extremamente abalada emocionalmente.

Em seu relato, a mulher relatou que a discussão teve início após ambos terem ingerido bebidas alcoólicas em um estabelecimento. Ao retornarem para casa, a mulher pediu ao suspeito que dirigisse com mais cautela, desencadeando assim o conflito.

Ainda de acordo com a PM, além de tentar sufocar a vítima, o agressor teria ainda proferido ameaças de morte, afirmando que “ela não passaria daquele dia”.

O rapaz foi detido e encaminhado à Central de Flagrantes de Porto Nacional, onde enfrentará acusações de violência doméstica, lesão corporal e ameaça.

Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp