Suspeito de torturar e matar ex-namorada em motel de Palmas é acusado de matar o padrasto em Porto Nacional

Jonhnatan Santos Carvalho está recolhido na unidade penal de Palmas.

Compartilhe:

O jovem suspeito de torturar e matar a ex-namorado em um motel de Palmas é acusado também de assassinar o padrasto, há cerca de um ano em Porto Nacional. A Polícia Civil já havia informado que Jonhnatan Santos Carvalho respondia por outro homicídio, mas não chegou dar detalhes do crime.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O delegado do caso, Guido Camilo, que chefia a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Palmas, afirmou que após ser preso, o suspeito confessou matado a ex-namorada Marcela da Silva Soares, de 19 anos. Ele foi encontrado com o celular da vítima e escondido na casa de parentes em Porto Nacional. Ele não esboçou nenhuma reação ao ser abordado.

Depois do primeiro homicídio, o jovem ficou em liberdade e passou cerca de oito meses fora do estado. Nesse período ele também tinha terminado o relacionamento com Marcela. O no dia do crime ele teria passado o dia com a vítima. No depoimento à Polícia Civil, o rapaz citou ciúmes e uma tentativa mal sucedida de reatar o namoro como sendo os motivos do crime, mas a versão ainda é investigada.

O rapaz deve responder por feminicídio. Inicialmente ele foi levado para a Central de Flagrantes de Porto Nacional. Depois disso, foi transferido para a Unidade Penal de Palmas.

Foto: Divulgação/SSP
O crime

A crueldade do homicídio de Marcela chocou moradores em Palmas. O corpo da jovem foi encontrado por funcionários do motel e apresentava marcas de queimaduras, indicando a tortura. A análise preliminar indicava que ela poderia ter morrido esganada, mas isso ainda será confirmado por laudos do Instituto Médico Legal (IML).

Testemunhas relataram ter ouvido uma discussão vinda de um apartamento do motel, de número 103, onde a vítima estava hospedada. Os funcionários do motel encontraram o corpo ao vistoriar o quarto logo após a fuga do rapaz do local.

Imagens capturadas de câmeras de segurança registram o momento da fuga do suspeito de torturar e matar ex-namorada em um motel em Palmas. O crime aconteceu entre a noite entre o último domingo (19) e a segunda-feira (20).

O assassino aproveitou que outro casal chegava ao estabelecimento para fugir pelo portão de entrada, em alta velocidade e na contramão. Os vídeos de todas as câmeras do estabelecimento foram recolhidas pelas equipes que investigam, mas estas imagens não foram divulgadas na integra para preservar a privacidade dos demais clientes.

Foto: Divulgação