Suspeito de matar jovem a tiros em bar é preso em Divinópolis; crime teria sido motivado por dívida de R$ 5 mil

O rapaz se apresentou junto com advogado na delegacia, momento em que cumprido o mandado de prisão preventiva. Ele teria confessado do crime.

Compartilhe

Um rapaz de 22 anos foi preso, nesta segunda-feira (4), suspeito do assassinato Kelvi Rodrigues Lima (foto acima), de 21 anos. O crime aconteceu no último dia 11 de abril em Divinópolis, na região centro-oeste do Tocantins. Segundo a Polícia Civil, no dia do crime, a vítima estava consumindo bebida alcoólica e jogando sinuca em um bar localizado no setor Fernandinho, quando foi surpreendido com três disparos de arma de fogo.

Kelvi chegou a ser socorrido e levado para o hospital do município, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois.

De acordo com investigações, o crime foi motivado por uma dívida entre a vítima e o autor no valor de R$5 mil reais. O delegado responsável pelo caso, Manoel Frota Neto, informou que o jovem preso confessou o crime. Ele compareceu com o advogado de defesa na Central de Atendimentos da Polícia Civil em Paraíso do Tocantins para ser interrogado e logo após o interrogatório foi cumprido o mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal de Paraíso.

O suspeito, que não teve o nome divulgado foi levado para Casa de Prisão Provisória de Paraíso e pode ser indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil com pena de 12 a 30 anos de reclusão.