Suspeita de liderar tráfico de drogas em cidade do Tocantins é presa pela polícia em Goiás

Mulher era investigada desde o ano de 2021 e teria mudado de estado por medo ser presa.

Compartilhe:

Uma mulher suspeita de ser a líder do tráfico de drogas na cidade de Peixe, no sul do Tocantins, foi detida nesta quinta-feira (8) em Anápolis, Goiás. De acordo com a Polícia Civil, ela era investigada desde 2021 e teria fugido para outro estado com receio de ser presa.

Ainda de acordo com a polícia, durante sua estadia em outra cidade, a mulher de 33 anos, que não teve o nome divulgado, teria continuado a coordenar o tráfico de entorpecentes em Peixe por meio de familiares, incluindo irmãos, cunhado e sobrinhas, inclusive uma menor de idade. As investigações indicam que ela trazia ou enviava drogas de Goiás para serem comercializadas na cidade.

Segundo a polícia, a prisão ocorreu no desdobramento da operação ‘Mordomia’, que resultou na detenção de quatro pessoas e na apreensão de 138 pinos de cocaína, 14 comprimidos de ecstasy, dinheiro, balança de precisão e outros objetos relacionados ao tráfico de drogas em dezembro de 2023.

A captura foi realizada graças à colaboração entre a Polícia Civil do Tocantins e o Grupo Especial de Investigações Criminais (GEIC – Anápolis). A mulher foi presa mediante mandado de prisão preventiva emitido pela Vara Criminal da Comarca de Peixe.

Ela enfrentará acusações por tráfico de drogas, agravadas pelo fato de ter cometido o crime em dois estados: Goiás e Tocantins. Além disso, responderá por envolver menores de idade no crime, inclusive utilizando-os para transportar drogas entre Anápolis e Peixe.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp

A suspeita será detida no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia e permanecerá à disposição da Justiça Criminal da Comarca de Peixe.