Silvio Luiz morre aos 89 anos em SP: ‘Confira comigo no replay’, veja os bordões mais famosos do narrador

Ícone do jornalismo esportivo morreu após ter falência múltipla de órgãos. Suas principais frases como locutor furaram a bolha do esporte, se popularizando entre gerações de brasileiros.

Compartilhe:

O narrador esportivo Silvio Luiz faleceu nesta quinta-feira (16), em São Paulo, aos 89 anos. A informação foi confirmada pelo Hospital Oswaldo Cruz, onde ele estava internado desde o dia 8 de maio.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo o hospital, Silvio Luiz faleceu às 9h40 devido a falência de múltiplos órgãos. Ele deixa a esposa e três filhos.

“Olho no lance!” Silvio Luiz, com seus icônicos bordões, marcou gerações de brasileiros e ultrapassou as fronteiras do esporte. Frases como “Confira comigo no replay” se tornaram populares no vocabulário dos fãs de futebol.

Os Bordões de uma Lenda
  • “Pelas barbas do profeta”
  • “Foi, foi, foi ele, [nome do jogador], o craque da camisa número [tal]”
  • “Confira comigo no replay”
  • “Olho no lance”
  • “O quê que eu vou dizer lá em casa?”
  • “Pelo amor dos meus filhinhos”
  • “Balançou o capim no fundo do gol”
  • “Desandou a maionese”
  • “Olha o bambu!”
  • “Vai mandar lá no meio do pagode”
  • “Queimou o filme”
  • “Agora é fechar o caixão e beijar a viúva”
  • “O que foi que só você viu?”

Essas frases famosas foram imortalizadas no jogo de videogame Pro Evolution Soccer (PES) entre 2011 e 2016, onde sua voz narra e comenta as partidas online. Silvio Luiz também emprestou sua voz para o aplicativo de navegação Waze, oferecendo orientações de trânsito.

Silvio Luiz morre aos 89 anos em SP
Foto: Divulgação

Conhecido por trazer leveza e humor às transmissões esportivas, Silvio Luiz protagonizou o primeiro palavrão da televisão brasileira. Em 1953, durante uma reportagem ao vivo, ele perguntou a um jogador expulso o motivo da expulsão, e o jogador respondeu com um xingamento. O incidente teve repercussão nacional.

Silvio Luiz participou da transmissão de seis Copas do Mundo e nove Olimpíadas, além de apresentar programas esportivos no Grupo Bandeirantes, Record, SBT e RedeTV!. Ele também teve uma ligação direta com o futebol: aos 31 anos, formou-se como árbitro na Federação Paulista de Futebol e apitou partidas durante cinco anos.

Além de sua carreira como narrador, Silvio Luiz também foi ator, interpretando papéis em novelas da TV Record no final da década de 1980.