Prefeita é xingada e agredida com chute ao sair de banheiro durante festa em cavalgada no TO, diz ATM

Caso foi registrado em Crixás do Tocantins, Confusão teria começado depois que o marido da prefeita falou para morador tirar criança de cima do teto de carro.

Compartilhe:

A prefeita Ana Flávia Alves Silveira Monteiro (SD), de Crixás do Tocantins, no sul do estado, foi vítima de agressão durante a festa da cavalgada da cidade no último fim de semana. Segundo a Associação Tocantinense dos Municípios, a gestora foi alvo de xingamentos e até mesmo recebeu um chute nas costas durante o evento.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O caso ocorreu no sábado (2) e a Polícia Militar chegou ser chamada.

A ATM divulgou nota sobre ocorrido nesta segunda-feira (4). De acordo com a Associação, a confusão começou quando o marido da prefeita observou uma criança em pé no topo de um carro, em risco de cair. Ele teria abordado os responsáveis pela criança, o que desagradou o pai.

A ATM informou ainda que o casal decidiu confrontar a prefeita e tentou até mesmo entrar em um banheiro onde ela estava. A prefeita alegou que não tinha conhecimento do incidente e foi surpreendida pelo casal com xingamentos, ameaças e até mesmo uma garrafa de cerveja lançada em sua direção, além de chutes. Ela declarou que registrará a ocorrência na delegacia.

Segundo a associação, após o tumulto no evento, o agressor teria ido à residência da prefeita, continuando com os insultos e ameaças. Nesse momento, ele foi detido pela Polícia Militar, embora posteriormente tenha sido liberado.

Foto: Reprodução

A ATM instou uma investigação minuciosa do caso e expressou seu total repúdio à situação. “Ligamos para o Comandante da PM e manifestamos nosso total repúdio a essa situação, ao passo que pedimos às autoridades policiais uma apuração célere e rigorosa, bem como a responsabilização do agressor por esse ato criminoso, que feriu a dignidade da prefeita”, declarou Diogo Borges, presidente da ATM e prefeito de Talismã.

Durante o evento, a prefeita de Crixás chegou fazer uma discurso em que acusava seus opositores de estarem torcendo contra o pagamento dos servidores municipais.

O casal envolvido na situação alegou que a confusão começou quando o marido foi supostamente agredido com um soco no rosto enquanto tentava conversar com a prefeita. A esposa afirmou que eles apenas desejavam conversar com a prefeita e que também foram agredidos. O casal disse que registrou a ocorrência na central de flagrantes da Polícia Civil em Gurupi.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.