Policial Militar é preso suspeito de matar asfixiado o próprio filho de 3 meses no PA

Investigações apontam que o PM não aceitava o nascimento do bebê e dopou a mãe para cometer o crime.

Compartilhe:

Um policial militar foi preso suspeito de assassinar o próprio filho de 3 meses. Segundo a Polícia Civil, a prisão foi realizada no bairro de São Brás, em Belém.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O crime aconteceu em Breu Branco, na região sudeste do Pará. As investigações da Polícia Civil apontaram que a vítima foi asfixiada porque o policial não aceitava o nascimento do bebê.

O suspeito, identificado como o cabo Henrique Nascimento Magno, teria dopado a mãe da criança com remédios para fazê-la dormir e, em seguida, matou o bebê por asfixia mecânica.

Em comunicado, a Polícia Militar informou que a Corregedoria está acompanhando o caso e tomará as medidas cabíveis na esfera administrativa.

O suspeito foi levado à delegacia e deve responder por homicídio qualificado. Ele permanece preso e à disposição da Justiça.

A PM enfatizou que não tolera desvios de conduta de seus agentes e expressou solidariedade à família da vítima.