Polícia abre inquérito para investigar acidente entre balsas em Porto Nacional

Embarcações faziam a travessia do rio Tocantins com vários veículos cinco pessoas ficaram feridas.

Compartilhe:

Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para investigar o acidente envolvendo duas balsas que resultou em cinco pessoas feridas em Porto Nacional. A Batida aconteceu no momento em que as embarcações estavam realizando a travessia do rio Tocantins, transportando diversos veículos e passageiros.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O caso foi registrado na manhã desta quinta-feira (15). De acordo com a Polícia Civil, testemunhas foram ouvidas e os condutores das balsas prestaram depoimento.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), as vítimas continuam hospitalizadas no Hospital Regional de Porto Nacional. Os dois condutores foram conduzidos para a sede da 11ª Central da Polícia Civil.

Segundo relatos da Polícia Militar, durante o acidente, um dos veículos que estava sendo transportado na balsa se deslocou e atingiu cinco pessoas. Imagens mostram passageiros feridos, sendo que uma mulher ficou presa entre a estrutura da balsa e um caminhão, necessitando de resgate pelos bombeiros.

Mulher presa às ferragens após batida entre duas balsas
Uma mulher ficou preso às ferragens após batida – Foto: Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma das balsas lotada de ônibus e caminhões, com danos na lateral exatamente onde os passageiros costumam ficar durante a travessia.

Nas redes sociais, a empresa Pipes, responsável pelas balsas que operam na região e em outras áreas do estado, afirmou que todas as providências estão sendo tomadas para mitigar os danos. Uma equipe especializada foi enviada ao local para investigar o ocorrido e prestar assistência aos envolvidos. A empresa também se comprometeu a arcar com as despesas médicas das vítimas.

Colisão envolvendo balsas deixa feridos durante travessia no rio Tocantins
Foto: Reprodução

A Marinha do Brasil informou que uma equipe de Inspetores Navais foi despachada para o local e que um inquérito administrativo foi aberto para apurar as causas e circunstâncias do acidente.

Segundo relato de um dos condutores à PM, ele estava saindo do ponto de embarque de ré, seguindo na direção leste-oeste, quando ocorreu a colisão com a outra embarcação.

O outro condutor afirmou aos policiais que, no momento do impacto, a balsa estava navegando no sentido oeste-leste para o desembarque, posicionada na lateral esquerda, e não conseguiu visualizar como ocorreu o acidente. Apenas sentiu o choque entre as embarcações e acionou os serviços de socorro.

A perícia esteve no local do acidente, e o caso está sob investigação da 70ª delegacia da Polícia Civil.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp

Ponte em construção

O trecho do rio Tocantins em Porto Nacional tem uma ponte antiga, que atualmente está com o trânsito liberado apenas para carros de passeio. Uma nova ponte está sendo construída no local.

Essa nova estrutura foi contratada pelo governo do estado em maio de 2015, mas as obras só começaram em setembro de 2019. A entrega estava prevista para maio de 2023, mas acabou sendo adiada para julho de 2024.

O que diz a Pipes

Conforme informado anteriormente o departamento jurídico em conjunto com a Diretoria da Empresa PIPES Empreendimentos, tomou conhecimento do sinistro ocorrido por ocasião da colisão de duas balsas entre os portos de Palmas e Porto Nacional.

O acidente infelizmente resultou em algumas vítimas e danos materiais. Diante disso, informa-se que a empresa custeará com as despesas hospitalares e médicas das vítimas neste primeiro momento, além de prestar todo o auxílio necessário à plena recuperação de todos.

Quanto aos danos materiais advindos do infotúnio também serão igualmente custeados, observado em todo caso, o dano efetivamente causado pelo evento.