PM mata esposa e depois tira a própria vida em Recife; policial disparou 13 vezes contra a vítima

Crime aconteceu na casa onde eles moravam. Vítima era técnica em imobilização ortopédica e o policial, um cabo.

Compartilhe:

Um cabo da Polícia Militar cometeu feminicídio ao sua esposa a tiros no bairro de Dois Unidos, na Zona Norte do Recife. Após o crime o policial tirou a própria vida . Segundo relatos de vizinhos, o corpo da mulher foi encontrado no terraço da residência, enquanto o do policial estava no quarto, próximo à arma utilizada. O policial disparou contra a companheira cerca de 13 vezes.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O crime trágico ocorreu na tarde desta segunda-feira (4), na Rua Baltazar Gonçalves, conforme confirmado pela Polícia Militar. A vítima foi identificada como Suyene Mary de Lima, técnica em imobilização ortopédica, e o policial como Walmir Soares dos Santos, ocupava a patente de cabo. As idades deles não foram divulgadas.

A Polícia Militar informou que foi acionada para atender à ocorrência às 12h50 e enviou uma equipe da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CipCães). O caso foi inicialmente registrado como feminicídio seguido de suicídio.

PM mata esposa e depois tira a própria vida em Recife; policial disparou 13 vezes contra a vítima
Foto: Reprodução

Segundo informações da Polícia Civil, equipes estão em diligências. O delegado Victor Leite, responsável pelo caso, informou que foram encontradas munições e a pistola utilizada no crime.

O delegado relatou que foram localizados aproximadamente 13 estojos de bala ao lado do corpo da vítima, e posteriormente, o policial retornou para dentro da residência e atirou contra a própria cabeça.

PM mata esposa e depois tira a própria vida em Recife; policial disparou 13 vezes contra a vítima
Foto: Divulgação

Testemunhas, que preferiram não se identificar, afirmaram que o casal estava junto há mais de 10 anos e tinham um filho. O delgado ainda ressaltou que o policial militar era bem visto pela comunidade e não possuía histórico de problemas.

Embora o casal estivesse em processo de separação, não há registros até o momento de ocorrências relacionadas à violência doméstica.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp

ALERTA AMARELO

Você sabia que as ligações para o Centro de Valorização da Vida (CVV), que auxilia na prevenção de suicídio, são gratuitas em todo o território nacional?

Se estiver passando por um momento difícil em sua vida, não titubeie. Ligue!