Passageiro pula de carro em movimento, motorista cai e carro desce a ribanceira; Vídeo

Caso aconteceu na grande Florianópolis. Polícia não sabe o que ocorreu, mas suspeita que situação envolve briga de casal. Envolvidos abandonaram o local antes da chegada dos bombeiros.

Compartilhe:

Uma cena inusitada foi registrada por uma câmera de segurança na Grande Florianópolis. As imagens mostram um passageiro e, em seguida, a motorista de um carro abandonam o veículo em movimento antes que este caia em uma ribanceira de 6 metros. A ocorrência foi de altura em São João Batista.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Assista o vídeo:

O carro acabou ficando preso em galhos de árvores antes de atingir o rio que corre logo abaixo. O caso, divulgado pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv) na terça-feira (30), está circulando nas redes sociais. A suspeita é que tenha ocorrido uma discussão entre um casal.

No vídeo, é possível observar o carro avançando com a porta do passageiro aberta. Um homem desce e cai do veículo enquanto este ainda está em movimento. Após uma breve pausa, o carro para completamente. O passageiro se ergue e troca algumas palavras com a motorista, antes de atravessar a rua correndo.

A motorista então parece perder o controle do veículo, atingindo um muro, mas não para por aí. Ela manobra o carro de ré e o retorna à estrada, desta vez na direção oposta. Antes que ela possa alcançar o passageiro, no entanto, a motorista também abandona o veículo em movimento, resultando no carro despencando pela ribanceira.

O homem se dirige então à mulher, que está sentada no chão, e coloca as mãos sobre a cabeça.

O caso ocorreu no sábado (27), por volta das 15h45, na SC-410, no bairro Rio do Braço,. Embora os bombeiros tenham sido chamados, quando chegaram ao local, os envolvidos já haviam partido.

Passageiro pula de carro em movimento, motorista cai e carro desce a ribanceira
Foto: Reprodução

Embora não haja confirmação definitiva sobre o que aconteceu, há suspeitas de que a situação esteja relacionado a uma discussão entre o casal. Testemunhas também relataram à polícia e aos bombeiros terem presenciado uma briga entre os dois.

Embora a mulher estivesse sangrando na cabeça, nenhum dos envolvidos aceitou assistência, de acordo com testemunhas. Em vez disso, ambos deixaram o local a pé.

Ninguém foi buscar o veículo

Até esta quarta-feira (1º), quatro dias após o incidente, o carro ainda não foi retirado do local, conforme informou a equipe da Polícia Rodoviária Militar (PMRv) da região. O veículo permanece preso nas árvores, à beira do rio, no final da ribanceira.