Passageiro de carro abaixa as calças para radar e cena fica registrada em multa por alta velocidade

Caso foi em Campinas que tinha limite de 70 km/h. Situação pode se enquadrado como ato obsceno, previsto no Código Penal.

Compartilhe:

Uma situação registrada por um radar mostra o momento em que o passageiro de um veículo, multado por excesso de velocidade, baixou as calças e exibiu suas partes íntimas em direção à fiscalização. A ocorrência foi na avenida Prestes Maia, em Campinas (SP).

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Embora o caso tenha ocorrido em janeiro deste ano, as imagens se tornaram virais recentemente nas redes sociais. Segundo juristas, o indivíduo pode enfrentar acusações de ato obsceno se uma denúncia for feita e se a Justiça entender que houve uma intenção consciente de cometer tal ato.

A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), responsável pelo tráfego na região, informou, por meio de nota, que “o veículo foi apreendido com um histórico de sete infrações cometidas entre maio de 2020 e janeiro de 2024, totalizando mais de R$ 1,3 mil em multas”.

A autarquia ressaltou que “inicialmente, a situação é tratada pela Emdec apenas como uma infração de trânsito e segue os procedimentos convencionais, incluindo o processamento automático das notificações”.

Embora a Emdec tenha classificado o incidente como uma “provocação”, ela alertou que “o ato coloca em risco a segurança tanto da pessoa que o pratica quanto dos outros envolvidos no trânsito, uma vez que poderia resultar em um acidente”.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp