Paredão de pedra se desprende de cânion e cai sobre lanchas em Capitólio (MG)

A queda pode ter sido causada por uma tromba d’água. Em vídeo que circula pela internet, é possível ver que o impacto atinge pelo menos duas lanchas.

Compartilhe

Um paredão de pedra desmoronou sobre lanchas com turistas na região de Escarpas do Lago, em Capitólio, Minas Gerais. A ocorrência foi registrada no início da tarde deste sábado (8). Os bombeiros mobilizaram o Batalhão de Operações Aéreas e mergulhadores para atuar na ocorrência.

Em vídeo que circula pela internet, é possível ver que o impacto atinge pelo menos duas lanchas. Assista o vídeo:

De acordo com o Corpo de Bombeiros, até o momento há pelo menos 20 vítimas. Foram confirmadas três vítimas fatais e outras três em estado grave foram levadas para Santa Casa de Passos, uma delas é uma mulher natural de Belo Horizonte, mas que mora no Rio de Janeiro. Sete com ferimentos leves estão sendo cuidadas no Pronto Socorro de São João da Barra. Ainda não há informações sobre o estado de saúde de outras vítimas. 

Os bombeiros informaram ainda, a queda pode ter sido causada por uma tromba d’água. “O que a gente teve ali, explicando de forma leiga, foi o desprendimento de parte da estrutura da rocha. Aquela região tem formação de cânion, com tipos de rochas que são bastante sedimentares. As chuvas fortes podem acelerar esse processo de desprendimento, o que acabou afetando algumas embarcações que estavam no local”, afirmou o tenente do Corpo de Bombeiros, Pedro Aihara.

Foto: Reprodução

A Marinha do Brasil informou por meio de uma nota, que um inquérito será instaurado para apurar circunstâncias do acidente. Confira a nota na íntegra:

A Marinha do Brasil informa que tomou conhecimento de um acidente, no fim da manhã de hoje, após deslizamento de rochedo atingir embarcações que navegavam a região dos cânions, em Capitólio-MG.

A DelFurnas deslocou, imediatamente, equipes de Busca e Salvamento (SAR) para o local, integrantes da Operação Verão ora em andamento, a fim de prestar o apoio necessário às tripulações envolvidas no acidente, no transporte de feridos para a Santa Casa de Capitólio, e no auxílio aos outros órgãos atuando no local.

Um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias do acidente/fato ocorrido.

*Com informações do Correio Braziliense