Pai e filha encontrados mortos em chácara são enterrados em distrito de Palmas

Despedida de Rafael Farias, de 38 anos, e Heloysa Matos, de 14 anos, aconteceu no cemitério de Taquaruçu e contou com homenagens de parentes e amigos. Polícia Civil está investigando o caso.

Compartilhe:

Rafael Farias de Oliveira, de 38 anos, e Heloysa Matos de Souza, de 14 anos, encontrados mortos em uma chácara, no distrito de Buritirana, foram sepultados na tarde desta segunda-feira (27). A despedida de pai e filha foi marcada por homenagens no cemitério de Taquaruçu, também distrito de Palmas.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Alunos do Colégio Militar Duque de Caxias estiveram presentes para dar o último adeus à amiga. Heloysa estava no 9º ano e frequentava a escola com suas irmãs.

Nas redes sociais, a direção da escola publicou uma nota de pesar lamentando a morte da adolescente e convidou os estudantes para se despedirem de Heloysa. Por volta das 15h, alunos e professores, usando a farda do colégio, ajudaram a carregar o caixão durante o cortejo no cemitério.

Mortes investigada

Pai e filha estavam desaparecidos desde sexta-feira (24). À Polícia Militar, o cunhado de Rafael relatou que eles não haviam retornado para casa naquele dia. Na manhã de sábado (25), o cunhado foi até a chácara onde Rafael trabalhava como caseiro, bateu na porta, mas não obteve resposta.

Foto: Reprodução

No dia seguinte, outras pessoas foram ao local e sentiram um cheiro forte vindo de dentro da casa.

A PM disse que foi informada que os parentes arrombaram a porta da casa e encontraram a adolescente em uma cama, com sinais de enforcamento. Rafael foi encontrado enforcado com uma corda.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o caso está sendo investigado pela 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Palmas.