Namorado suspeito de matar diarista a pauladas é encontrado morto dentro de cela

Suspeito passaria por audiência de custódia no final da manhã desta terça-feira (16). Investigações ainda devem ser concluídas.

Compartilhe:

O homem preso, que anteriormente havia admitido ter espancado até a morte a diarista Raimunda Costa Silva, de 48 anos, foi encontrado morto em sua cela, em Aparecida de Goiânia (GO). O corpo de Maycon Alves de Almeida foi achado na manhã desta terça-feira (16).

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Maycon era suspeito de cometer o crime no último sábado (13). Segundo Ana Paula Machado, delegada responsável pelo caso, o suspeito estava programado para passar por audiência de custódia no final da manhã desta terça-feira (16).

A delegada detalhou como o suspeito confessou o crime e forneceu informações sobre a localização do corpo da diarista, que foi brutalmente agredida.

“Ele foi autuado em flagrante ontem pelos crimes de feminicídio e ocultação de cadáver. Durante as diligências da investigação, ele confessou o crime e indicou para a polícia o local onde o corpo estava ocultado. Ele aguardava audiência de custódia, mas recebemos a notícia agora no final da manhã de que ele teria atentado contra a própria vida”, afirmou.

De acordo com a delegada, as investigações ainda estão em andamento. Duas testemunhas que conheciam o casal deverão prestar depoimento à polícia. Além disso, a polícia está apurando possíveis desentendimentos financeiros entre a vítima e o suspeito, pois Maycon foi encontrado em uma motocicleta registrada em nome de Raimunda.

O corpo de Raimunda Costa está sendo transladado para o estado do Maranhão, onde será velado e sepultado ainda nesta terça-feira (16).

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.