Mulher fica ferida após ser agredida com golpes de capacete na cabeça durante assalto; Vídeo

Caso aconteceu em Araguaína, no norte do Tocantins. Câmera flagrou suspeito fugindo com a bolsa na mão. Vítima ficou inconsciente e foi levada para Hospital Regional da cidade.

Compartilhe:

Uma mulher de 49 anos foi hospitalizada em estado crítico após ser agredida na cabeça com um capacete durante um assalto em Araguaína, no norte do estado do Tocantins. A ocorrência foi registrada na manhã de quinta-feira (5), por volta das 7h, quando a vítima estava a caminho do trabalho, dirigindo-se a um restaurante no setor Rodoviário.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A Polícia Civil já possui suspeitas sobre o agressor e está investigando o caso como uma tentativa de latrocínio. As câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito correu por uma rua segurando a bolsa da vítima. Assista o vídeo:

Segundo a Polícia Militar, testemunhas relataram que a mulher estava chegando ao seu local de trabalho quando um homem, aparentemente sob efeito de substâncias entorpecentes, se aproximou dela. O suspeito ameaçou a vítima e exigiu que ela entregasse sua bolsa e pertences pessoais.

No entanto, a vítima não teria cedido imediatamente. Posteriormente, o agressor pegou o capacete que estava na mão da vítima e a atacou com golpes na cabeça.

Conforme o relato, a mulher desmaiou e sofreu lesões graves na cabeça, enquanto o agressor fugiu levando a bolsa com o celular e outros objetos pessoais.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Hospital Regional de Araguaína, onde permanece internada em estado grave.

Apesar das buscas realizadas pelas equipes da Polícia Militar, o suspeito não foi localizado até o momento. O caso está sob investigação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos de Araguaína (DRR).

A Secretaria de Segurança Pública informou que o caso foi registrado e está em fase de investigação. As autoridades têm indícios da identidade do agressor, e o incidente será tratado como uma tentativa de latrocínio, visto que, ao roubar o celular e a bolsa da vítima, o agressor colocou gravemente em risco a vida da mulher ao aplicar violentos golpes com um capacete em sua cabeça. Segundo a pasta, a mulher permanece hospitalizada em estado crítico.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.