Motorista de aplicativo é morto com tiro na cabeça e tem o carro roubado em Palmas

Latrocínio aconteceu após vítima aceitar corrida durante a madrugada. Corpo foi encontrado em uma área de vegetação na saída para Aparecida do Rio Negro.

Compartilhe:

Um crime de Latrocínio (roubo seguido de assassinato) foi registrado na madrugada desta sexta-feira (18), em Palmas. O motorista de aplicativo Edmar Pereira Brito foi morto a tiros pós receber uma chamada para uma corrida. Segundo a Polícia Militar, durante o trajeto a vítima foi baleada na cabeça e o criminoso fugiu do local com o veículo.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O corpo de Edmar foi encontrado na estrada que liga Palmas a Aparecida do Rio Negro. De acordo com a PM, a vítima estava familiarizada com a pessoa que solicitou a corrida.

Por suspeitar que o passageiro pudesse estar armado, Edmar decidiu convidar um amigo para acompanhá-lo durante a viagem. No entanto, próximo à saída para Aparecida do Rio Negro, o suspeito disparou contra a cabeça do motorista de aplicativo, e em seguida arrastou o corpo para uma área de vegetação.

O criminoso também abordou outra vítima, que posteriormente foi deixada em outro local da cidade. Ele conseguiu fugir com o carro da vítima e até o momento não foi capturado pelas autoridades.

Foto: Reprodução

O caso, registrado como latrocínio, é investigado pela Polícia Civil.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.