Internado após sentir dores no corpo, Siqueira Campos desenvolve infecção pulmonar e quadro é considerado grave

Ex-governador chegou apresentar melhora, mas no sábado (1º) foi diagnosticado com a infecção e deu início ao uso de antibióticos, segundo a família.

Compartilhe:

O ex-governador do Tocantins, José Wilson Siqueira Campos, de 94 anos, que está internado desde a última quinta-feira (29) devido a fortes dores no corpo, apresentou piora no seu estado de saúde e os médicos confirmaram uma infecção pulmonar. De acordo com seu filho, o ex-deputado Eduardo Siqueira Campos, seu quadro é considerado grave.

Eduardo divulgou uma atualização sobre o estado de saúde de seu pai por meio de uma rede social no sábado à noite (1º). Siqueira permanece internado na UTI de um hospital particular em Palmas. Na sexta-feira (30), a família havia informado que ele estava respondendo bem aos tratamentos medicamentosos. As dores, conforme explicado pelo filho, são decorrentes de um câncer de próstata que ele vem enfrentando desde 2002.

De acordo com Eduardo, a saturação de oxigênio de seu pai ficou baixa no sábado, o que levou os médicos a iniciar a administração de antibióticos. Após um exame que será realizado neste domingo à noite (2), a família obterá informações sobre a evolução da infecção.

O filho mencionou que a melhora apresentada por seu pai no sábado foi resultado de uma intervenção divina, permitindo-lhe recuperar a oxigenação de forma espontânea, sem qualquer estímulo adicional. Felizmente, Siqueira Campos não precisou ser entubado, o que é uma notícia positiva para a família. Eduardo explicou que, ao receber a medicação para aliviar a dor, seu pai perde um pouco da consciência, mas assim que o efeito diminui, o político consegue interagir com os familiares e a equipe médica.